Pensando no cabelo dos personagens

Temos mais um assunto incomum na área: a questão do cabelo dos personagens, que pode ser crucial para dar mais realismo (ou mais fantasia) aos seus personagens nos games. A idéia deste post surgiu desta notícia do G1, onde está acontecendo na Bulgária um festival de penteados extravagantes:

Bulgária faz festival de penteados

Decidi aproveitar o timing! Como to gostando de character design, um assunto que não pode faltar nas reuniões de definições dos personagens (isso numa equipe) são o tipo de cabelo do personagem e suas implicações posteriores. A primeira delas é de característica estética, onde os personagens masculinos tem poucas variações: cores, tamanho e o formato. Cor no sentido de que é necessário analisar o quão realista é o seu projeto. Se você vai fazer algo parecido como o Splinter Cell ou ambientado no presente, você não pode colocar variações de cores nos cabelos da maioria dos personagens (talvez num inimigo com estilo punk…). Em RPGs e em games com estilo anime, você pode se dar ao luxo de colocar uma cor mais extravagante como um azul ou laranja, e mesmo assim os personagens serão bem naturais em virtude do estilo do game.

Ou você pode eliminar o cabelo e deixar o personagem quase careca, eliminando algumas etapas no desenvolvimento da física do game, onde, dependendo do formato do cabelo, é necessário tratar o cabelo como uma entidade separada (e ao mesmo tempo ligada) à física do personagem, pra tratar questões de movimentação do cabelo, que pode sofrer variações de acordo com o vento e colisões com outros objetos.

Nariko, personagem de Heavenly Sword, que tem cabelos longos e vermelhos

Aí entramos nos personagens com cabelos longos e nos personagens femininos, que podem ter mais variações: de cores já que num game em estilo anime você pode colocar qualquer cor numa personagem, como cores com tons rosa e púrpura, que são bons para personagens femininos e péssimos para masculinos (a não ser que você queira colocar um homem gay no teu jogo…). Variações no formato também são mais facilitados para as mulheres, como colocar adereços diversos, desde uma simples piranha (em games atuais) até mesmo amarrar com uma corda partes do cabelo e/ou colocar até uma pedra preciosa no cabelo dela (em games mais medievais).

Yuna, personagem de Final Fantasy X. Cabelo curto e com um adereço.

Ou então você pode fazer algo como a Bayonetta e usar o cabelo como arma:

Fora isso, existe ainda o motivo do personagem ter este tipo de cabelo. Ou mesmo o próprio estilo do cara, e isso é algo mais difícil de se criar. É fácil criar um conceito de um personagem, mas definir roupas, porte físico e o cabelo merecem um estudo mais cuidadoso, analisando a época do jogo, o próprio estilo artístico e a história de vida do personagem.

Sei que algumas coisas descritas acima são mais difíceis de se criar nos games indie, como setar colisões do cabelo, mas quanto mais detalhes o game tiver, melhor (desde que não atrapalhe o ciclo de desenvolvimento. Perfumaria demais também pode ser prejudicial dependendo do tempo e do orçamento do projeto).

  • aline-b

    tipo, eu vo fazer (talvez) pela 1º vez, um cosplay *-*

    ai, a personagem que eu escolhi, tem o cabelo lá nos pes D:
    … e o meu cabelo é na cintura x(

    eu não quero usar peruca, puske eu acho que nun fica lekau.. '-'
    e também pusquê deve ser cara x.x'

    oque eu faço ? compro algo que parece com cabelo e colo no meu ? @³@'

    PRECISO DE DICAS !! D:

    obrigada. n.n'

  • http://www.rodrigoflausino.com/blog/ Rodrigo Flausino

    Bom, Aline, se eu fosse mulher e tivesse a sua idéia eu escolheria outro personagem pra fazer um cosplay ou iria do mesmo jeito, sem imendar o cabelo.