Home > Destaques > World of Warcraft: Battle For Azeroth terá 10 masmorras no começo da expansão e 1 raide; saiba mais detalhes

World of Warcraft: Battle For Azeroth terá 10 masmorras no começo da expansão e 1 raide; saiba mais detalhes

World of Warcraft - Battle for Azeroth - Imagem de nova Localidade 02

Com o anúncio de World of Warcraft: Battle for Azeroth, diversas especulações dos jogadores foram derrubadas e outras surgirão nos próximos meses, principalmente com relação ao caminho da lore no jogo! Quais as intenções de Jaina na localidade? Quando que a Rainha Azshara entrará nesse conflito entre Horda e Aliança? Será que o N’Zoth, um dos deuses antigos, entrará pra causar uma sequência de destruição similar ao cataclismo de Asa da Morte? Será que os jogadores podem chegar a visitar a antiga cidade de Ny’alotha, que deve ser a morada do deus antigo? Claro que as especulações de N’Zoth vão ficar mais fortes apenas para uma futura expansão, e com isso a Horda e a Aliança irão resolver novamente as suas desavenças em mais conflitos.

Em Battle for Azeroth teremos inicialmente 10 masmorras: como acontece com as zonas, cada facção fará a progressão de níveis no seu próprio conjunto de quatro masmorras, e o resto será desbloqueado para todos os jogadores no nível 120. Confira abaixo as descrições de cada masmorra, divulgadas no site oficial:

Aliança

Forte Liberdade – Localizado no Estreito Tiragarde, o Forte Liberdade está cheio de bandidos, ladrões e outros habitantes do submundo.
Mansão Capelo – Localizada em Drustvar, a Mansão Capelo era o lar ancestral de uma das famílias mais poderosas de Kul Tiraz.
Tol Dagor – Essa ilha-prisão fica perto da costa de Kul Tiraz.
Capela da Tempestade – Localizada no Vale da Canção da Tempestade, os sacerdotes do mar abençoam naus recém-construídas antes de elas zarparem.
O Cerco de Boralus – Como a masmorra do Pátio das Estrelas, esta será uma masmorra de nível máximo no cenário urbano de Boralus, capital de Tiragarde.

World of Warcraft Battle for Azeroth - Estreito Tiragarde

Horda

Atal’Dazar – Localizada em Zandalar, aninhada nas montanhas de Zuldazar, Atal’Dazaris é o local de repouso ancestral dos reis zandalari e o lar de uma seita de trolls envolvida em rituais sombrios — além de dinossauros, mortos-vivos e dinossauros mortos-vivos.
• Templo de Sethraliss – Localizado em Vol’dun, este templo é um local sagrado para Sethrak, um povo serpentino.
A Terra Podre – Localizada em Nazmir, esta masmorra subterrânea é uma fonte primária de corrupção em Zandalar.
Repouso do Rei – Localizada em Atal’Dazar, esta é a tumba de reis ancestrais postos para repousar.
Kezan – Esta masmorra de nível máximo fica um pouco mais afastada de Kul Tiraz e Zandalar. Os goblins ouviram falar na Azerita e do valor dela, e começaram a escavar em Azeroth para encontrar mais. Os jogadores voltarão a Kezan depois de anos de abandono e verão como ela mudou.

World of Warcraft Battle for Azeroth - Nova localidade e Possível masmorra

Além disso, a Blizzard pretende aprimorar ainda mais o sistema de masmorras míticas e pedra-chave, que ficou bem popular em Legion:

Com o sucesso das Pedras-chaves de Masmorras Míticas, continuaremos a oferecer suporte e aprimorar esse sistema também.

Junto com as masmorras, já temos as primeiras informações da primeira raide da expansão, que virá com 8 chefes. Saiba mais:

Projetada pelos titãs como uma instalação de quarentena usada para analisar e dissecar seus inimigos milenares, os Deuses Antigos, esta grande pirâmide se ergue ameaçadoramente sobre Zandalar. Porém, como quase tudo que envolve os Deuses Antigos, alguma coisa deu muito, mas muito errado.

Lembrando que, como a Blizzard fará um beta da expansão (provavelmente um beta fechado) existe a chance de termos algumas alterações sem aviso prévio. Eu fico pensando se essa nova raide terá alguma similaridade com o Trono do Trovão, de Mists of Pandaria, por envolver os Zandalari, mas ainda é difícil saber como que ela será neste momento.

Por hora teremos de esperar por novas informações. Como a expansão não tem data de lançamento, o meu palpite é dela sair apenas no segundo semestre, talvez em uma época similar ao lançamento de Legion, em meados de setembro. Lembrando que nesse meio tempo teremos o patch 7.3.5, que virá com a raide temporal de Ulduar e melhorias no levelling, com “zone scaling” a exemplo do que foi o Legion. O novo sistema permitirá adicionar ainda mais liberdade no levelling dos personagens, principalmente para alts, onde poderemos, por exemplo, pular toda a Terralém e fazer apenas as missões de Wrath of The Lich King, já que as 2 regiões serão de níveis 60 a 80.

World of Warcraft: Battle for Azeroth virá com novo level cap (120) e diversas novidades, como o sistema de Fronts de Guerra (que promete batalhas estratégicas com 20 jogadores), masmorras, raides e 2 novos continentes (Kul Tiraz e Zandalar). A expansão será lançada em 2018 para PC e Mac.

World of Warcraft - Battle for Azeroth - Imagem de nova Localidade 01

World of Warcraft - Battle for Azeroth - Imagem de nova Localidade 02

, , , , , , , , , , , ,