Crash Rumor - 2015


Crash Rumor - 2015

Nos últimos anos os rumores vieram com força na indústria de games. Antes um boato que era mais divulgado no boca a boca, ou nem ser vir a público por ser “surreal” demais, hoje qualquer coisa vira notícia. Imagem pra cá, relatos pra lá, uso da palavra “report” dos sites do exterior, que considero como um “mal-uso” do termo, mas é por conta de ser programador, e que “report” é relatório. Mas os sites preferem isso do que usar um “rumor” no título, talvez por não depreciar logo de cara a matéria.

Confesso que eu já fui adepto de fervor de “acreditar em tudo”. Ora é uma foto tirada “às escondidas” de uma sessão de imprensa, ora são os relatos de que o Fallout 4 será em Boston, apesar de que é quase certo de que o game será uma das grandes estrelas da apresentação da Bethesda nesta E3, onde eles terão uma conferência própria. Pois mostrar só o novo Doom e promover o “The Elder Scrolls Online” não parece ser um bom uso da enorme grana que eles vão gastar com marketing com o evento. Deve ter mais coisa vindo ai, e aí a gente curte teorizar, junto com os rumores que foram espalhados anteriormente: Dishonored 2, tem o novo Elder Scrolls que eles ainda não anunciaram e que será o sucessor de Skyrim…fora as outras produtoras. “Tamo fazendo um novo game do Crash Bandicoot, cola aí”, sendo que a Naughty Dog pode nem estar mais fazendo o game, por conta da franquia estar com a Activision.



New Crash Bandicoot

Em uma época onde um estudante plantou, de maneira bem-sucedida, um rumor como dever de casa, e fez ele se transformar viral, todo cuidado é pouco. Hoje as informações correm em tempo real, segundos a galera vê algo no Reddit e a galera já replica em fóruns, Twitter e a imprensa vai lá e posta também, e às vezes nem apura direito, sendo que o dever dos jornalistas, e, consequentemente, dos blogueiros independentes e menores, é apurar e perguntar: será que é verdade mesmo?

Claro que às vezes tem os vazamentos, e aí ferra pra produtora. Depois do vazamento do Assassins Creed: Victory (que foi anunciado na semana passada como Syndicate) a Ubisoft se viu em maus lençóis e criticou o vazamento. Ela está no direito dela, pois um vazamento de um funcionário ferra com meses de marketing e hype da galera. Talvez eles optaram por anunciar o game logo e deixar a E3 como um palco de mostrar o game ao vivo, tendo um novo processo de marketing. Sessões com a imprensa especializada, criação de folders e enviar pras lojas, tudo é meticulosamente planejado para fazer com que o game tenha sucesso, pois, por mais que a galera reclame que sai o mesmo jogo todo ano, o jogo continua vendendo pra caramba e fazendo com que a Ubisoft não tenha problemas financeiros. Enquanto a gente vê produtoras demitindo gente depois que um game é terminado, você não lê por aí que a Ubisoft está demitindo alguém, pois enquanto a gente está de olho no Syndicate, mais uns 2 Assassin’s Creed next-gen estão em produção pela Ubisoft. Com a Activision e os Call of Duty é a mesma coisa.

Ultimamente estou com um pé bem atrás de qualquer rumor. Por mais que determinado jogo gere um hype enorme, o principal evento de games está chegando, e uma grana enorme é movimentada por trás para conseguir impressionar os jogadores, com as suas apresentações grandiosas e testes da imprensa, divulgando as infos pros seus leitores, e um rumor postado antes da hora acaba jogando tudo pelo ralo. Seria bem maneiro ter um jogo novo do Crash Bandicoot, com visual next-gen, apesar de que é mais fácil ver algo mais estilizado. Mas também é fácil alguém fabricar uma imagem, tirar uma foto do próprio monitor, postar um fórum de discussão bastante movimentado e não revelar a identidade, mas falar que é um “insider”. Se a gente conseguir ser mais cético, pelo menos a gente não será mais taxado de “blog que só posta rumor”, e apesar dos blogs menores terem uma certa liberdade, não custa nada elevar o nível e estar próximos dos grandes portais que a gente curte e acessa. A menos que tenha algo mais substancial como um vídeo ou imagens vazadas, e aí não é rumor, e sim vazamento mesmo.