Kirby’s Epic Yarn é um game surpreendente, tanto nos gráficos quanto na jogabilidade.

Quem teve a oportunidade de jogá-lo, ou ao menos teve a curiosidade de assistir aos vários videos de gameplay disponíveis na internet, logo se surpreende com o novo estilo visual do game – o que para alguns aqui pode parecer ter sido inspirado no Little Big Planet. Na verdade, Kirby’s Epic Yarn foi inspirado num comercial de 30 segundos feito para o game Kirby’s Adventure, game da  época do Nintendo 8 Bits. Confiram no vídeo abaixo:



Viram? Como o comercial tem por volta dos 17 anos,  a inspiração em LBP é descartada. Mas ainda assim acredito que LBP deu uma “forcinha” para que o Kirby’s Epic Yarn fosse realizado.

Já no vídeo abaixo (Trailer de Kiby’s Epic Yarn da E3 2010), dá prá confirmar a clara inspiração no comercial apresentado acima:

O visual desta game é explicado logo no início do jogo, onde um vilão captura Kirby e o manda para um mundo de tricô, algo como a “Lã-lândia” ou “Patch Land”. Neste mundo, Kirby perde o seu visual esférico e rosado e passa a ser apenas uma espécie de contorno de fio de lã. Além de perder o visual esférico, Kirby também perde a habilidade de “sugar” seus inimigos e absorver seus “poderes”, porém, e em compensação, Kirby passa a transformar seu corpo flexível em vários objetos, tais como um carro pequeno, pára-quedas flutuante, submarino,  dentre outras formas que vão se revelando úteis ao longo de cada fase. Tal versatilidade de Kirby dá ao jogo uma mecânica mais fluida, sempre interagindo com o cenário.

O modo de cooperação, onde Kirby interage com Prince Fluff – o príncipe de Patch Land -, traz ao game uma dificuldade extra, já que apesar do intuito ser um ajudar o outro, acaba que é mais fácil um atrapalhar o outro (assim como ocorre no New Super Mario Bros. Wii). Já que todas as pedras (gemas) coletadas são conjuntas, quando um dos personagens perde, os dois perdem. De qualquer forma, a interação com um segundo jogador é sempre bem-vinda e torna o game mais interessante.

Todas as músicas e efeitos sonoros são condizentes com o momento de cada estágio do game, se encaixando perfeitamente em todo o contexto.

Quanto à jogabilidade e diversão, depois do Trailer apresentado acima, não tenho muito o que dizer além de reafirmar a ótima diversão em que toda a interação com os cenários nos proporciona. Além disso, o uso do wiimote em momentos de “transformação” do Kirby dá um “up” nestes quesitos.

No “fator replay” do game, existe uma certa limitação no sistema de recompensas, porém,quando pensamos nas milhares de gemas a serem coletadas e nos vários objetos a serem recolhidos ao longo de cada fase, acaba que queremos voltar às fases para fazer aquela coleta de 100%. Fora isso, existe também a possibilidade de visitar os moradores de Patch Land e jogar vários mini-games.

Apesar de ser um game curto e de história óbvia, Kirby’s Epic Yarn surpreende e te prende em frente à TV.

Eu recomendo.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game





Paganini Mixer