Análise - The Walking Dead - Season 2


Análise - The Walking Dead - Season 2

Ao trazer The Walking Dead para os vídeo games a Telltale revolucionou a forma de se contar histórias (belo trocadilho champz). Com uma narrativa única, focada nos dilemas dos personagens em um mundo tomado por zumbis e cuja humanidade está morrendo (inclusive de forma metafórica), nos deparamos com situações absurdas, vivemos a tensão de escolhas pela vida ou morte de algum personagem, mas principalmente: amamos. Amamos uma garotinha que nos foi apresentada numa casa da árvore e que estava perdida sem os pais num mundo devastado por um apocalipse zumbi. Tivemos fé na superação do passado de Lee e trilhamos um caminho em busca de redenção, provando que um homem pode trilhar um novo caminho independente dos erros do passado. Lacrimejamos (mesmo que escondidos) em posição fetal com o final da primeira temporada e pulamos feito idiotas com a volta da nossa querida Clementina como protagonista na segunda temporada.

Publicidade

Nesse sentido, o episódio All That Remains carrega um pesado fardo: manter o nível de profundidade dos episódios da temporada anterior. O game começa explicando um pouco do que acontece após o fim da primeira temporada (que se você não jogou, feche essa janela e vá jogar! Feche logo! VÁ JOGAR AGORA!) e de primeira já traz um turbilhão de acontecimentos com nossa pequena Clementine. Posteriormente há um salto de 16 meses e temos uma garota amadurecida pelo mundo cruel em que foi forçada a (sobre)viver.

Ficha Técnica
Produção Telltale Games
Desenvolvimento Telltale Games
Lançamento 17/12/2013
Plataformas PS3, PS-Vita, Xbox 360, PC, iPhone e Ouya
Classificação Mature 17+ (ESRB)
Música/Compositores Jared Emerson-Johnson
Gênero Aventura
Descrição Nesta segunda temporada, os jogadores assumem o papel de Clementine, uma garota que tenta sobreviver em um mundo em que os mortos “voltaram à vida” e a grande parte dos humanos sobreviventes aprendeu a não confiar em ninguém.
Online Não

The Walking Dead - Season 2 - Clementine Comparação

De fato, a nossa pequena e inocente Clementine morre um pouco a cada dia no mundo horrível em que se encontra. As novas opções de resposta às pessoas que você encontra mostram bem isso, uma vez que, agora, não é preciso mais ter o mesmo cuidado nas respostas como a gente tinha com o Lee tentando manter o grupo unido, vemos claramente que Clementine se tornou alguém capaz de responder hostilidade com mais hostilidade e de ser tão ameaçadora quanto o mundo ao redor é ameaçador. Em suma, você irá presenciar nossa pequena Clem <3 em situações que até o Rambo derramaria algumas lágrimas.

No que diz respeito a trama, o primeiro episódio foi muito bom. Contratempos, reviravoltas e acontecimentos que forçam escolhas dramáticas (seja homem e conviva com as decisões que você tomar!). O visual permanece em cel shading dando o toque de quadrinhos, com os personagens e cenário um pouco mais modelados e com linhas mais suaves. Ainda com relação ao design, temos o acréscimo de novos movimentos em quick time events (semelhantes ao que encontramos em The Wolf Among Us) e uma maior interação com o cenário nos momentos em que estamos sendo atacados, quando por exemplo, temos de alcançar rapidamente uma possível arma enquanto um zumbi tenta segurar nossa perna, o erro ou a demora resulta no game over.

The Walking Dead - Season 2 - Clementine Vs Zumbi

A dublagem continua muito boa, é bom ouvir de novo a voz da pequena Clem e os novos personagens não ficam para traz. A única ressalva é que em alguns momentos a fala dos personagens é cortada por começar alguma ação, o que às vezes dá a sensação de estarmos perdendo alguma informação importante, mas provavelmente é algo que será corrigido nos episódios futuros. Além disso, outra coisa que me incomodou foram as travadas que ocorrem pouco após o loading do game.

Em suma, All That Remains é um bom início para a nova temporada. O primeiro episódio traz uma boa narrativa, novos personagens e mais dilemas para o jogador resolver. Como se tudo isso já não bastasse, temos nossa querida Clementine como protagonista e é um belo convite ao jogador vê-la crescendo e amadurecendo nesse mundo medonho e caótico. A fórmula utilizada na temporada anterior permanece e é grande a probabilidade de termos outra temporada capaz de arrancar suspiros e lágrimas. O triste é o tempo de duração do episódio que é relativamente curto, e a espera que agora vai atééééé o próximo episódio ser lançado.

Select Score - Walking Dead - Season 2 - Episodio 1






DEIXE UMA RESPOSTA

Digite um comentário
Digite o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.