PS3 e PS4 - Consoles


Nas últimas semanas ando passando por um dilema bem estranho. Com o meu segundo PS3 sem ligar por conta de um problema relativamente inexplicável, mas explicável (provavelmente relacionado com a pasta térmica, por ter deixado o aparelho sem ligar por meses após ter comprado o PS4) eu ando pensando se eu devo levar o console no conserto ou se eu admito que vou ficar apenas no PS4 e no PC nesta geração (até comprar o Xbox One no próximo ano). Apesar de ser uma solução lógica, o maior problema recai na questão do backlog imenso de jogos que estaria deixando para trás, aliado ao fato de muitos games terem prazo de validade, e o custo que eu já tive ao comprar os jogos em Flash Sales, apenas pra “jogar depois”. Um “depois” que nunca chega, tanto por opção, quanto por falta de tempo e/ou planejamento.

A transição de geração está cada vez mais constante pelos jogadores. Claro que alguns optaram por esperar, já que com toda a boataria a respeito das versões atualizadas dos consoles PS4 e Xbox One deixa o jogador cabreiro, mas quem comprou não está muito feliz com a possibilidade de ter um console relativamente defasado, mesmo com a Sony garantindo que o PS4 normal continuará recebendo suporte constante e os jogos terão de rodar nos 2 PS4, o normal e o “NEO”. Mas a gente fica com medo das produtoras fazerem uma versão “mais ou menos” pro console atual, e ter novas features gráficas na versão melhor de cada aparelho, mas só no futuro pra saber como que irá funcionar esse tipo de coisa.

Mas voltemos à transição de gerações. Claro que os consoles mais novos continuam como “artigo de luxo”, mas não podemos negar que estamos em uma época onde o acesso aos games está cada vez mais fácil e acessível. Você compra um console e assina um serviço como a Live e a PS Plus, ganhando acesso de 2 a 6 jogos por mês em diversas plataformas:



  • 2 a 3 no PlayStation 4, dependendo do jogo (caso ele tenha cross-buy com outros consoles PSX)
  • 2 no PlayStation 3
  • 2 no PS-Vita
  • 2 no Xbox 360
  • 4 no Xbox One, com os 2 do Xbox 360 retrocompatíveis

Sem contar o EA Access no Xbox One, que adiciona diversos jogos extras da Electronic Arts, por um valor bem acessível.

Tirando a seleção sofrível em alguns meses da Live e da PSN, você já tem um pequeno acervo, e aliado as promoções dos serviços, com promoções regulares toda semana você consegue jogos por preços bem interessantes. Nas plataformas anteriores tem mais promoções, por ter catálogos maiores e preços menores que os mesmos jogos das versões next-gen, mas a diferença não é muito grande.

PlayStation Store - Next Flash Sale - USA

Só que, como comentei antes, tem a transição de gerações. E é aqui que o jogador terá de ficar cabreiro. Entra promoção, sai promoção e você, dono de um PS3 e/ou de um Xbox 360 decide abrir a carteira para pegar alguns jogos a mais. Às vezes você não está com muito tempo livre, mas o preço está arrasador, e você decide comprar por estar dentro do teu orçamento mensal. A vida continua, tem a promoção na semana seguinte, você compra mais alguns jogos. E tem outra semana com mais promoções, e outra, e outra, e outra. Chega uma hora que você tem a chance de comprar um console novo com promoção. A maioria dos seus amigos já migrou e nas conversas de chats e redes sociais eles comentam frases como:

  • “Opa vem jogar o The Division, o jogo está maneiro! Coop, Zona Cega, raides!”
  • “Apesar do Destiny não estar com tanta gente, ainda continuo jogando, e você pode participar das raides e sair arrasando no Crisol!”
  • “Dark Souls III está bem chamativo, vamos prum coop e uns PvPs maneiros!”
  • “Cara, os jogos de final de ano estão fodas! Novo Call of Duty, Battlefield novo, só jogão!”
  • “Rapaz, aquele The Witcher 3 em promoção que vi essa semana na loja é a sua cara, mas você ainda está no X360 jogando o segundo game? Vem pro 3, vai ter DLC novo!!!”

E o que você faz com o console antigo? Se você continua jogando eles com muita frequência, parabéns, você é a resistência! Mas se o seu console tem periga de ficar encostado, bom, espero que você tenha jogado tudo que você gastou nesses anos todos!

Enquanto que no PC você não tem muito esse problema, por você apenas trocar/atualizar o PC e continuar com o teu Steam e sua lista que não para de crescer, nos consoles não é tão simples. A Microsoft encerrou a fabricação de Xbox 360, e provavelmente o PS3 pode estar indo pro mesmo caminho num futuro próximo. Apesar de ter ainda uma boa quantidade de consoles no mercado, chegará uma hora que será mais difícil ter acesso. A retrocompatibilidade do X360 no Xone é um ponto altamente positivo pro console da Microsoft, mas ainda está sendo controlado pelas produtoras e sendo feito aos poucos.

Gran Turismo 5 - Trial Mountain - FTO

Fora a questão dos troféus, e dos jogos terem prazo de validade. Com o recente problema do primeiro Dark Souls no PC (que foi corrigido depois pela Bandai Namco) e o desligamento de um serviço online do Lightning Returns: Final Fantasy XIII (que felizmente não afetou na possibilidade de querer platinar o game no futuro) gera uma sensação de urgência. Tem diversos jogos que no futuro podem sumir facilmente das “fileiras do multi”, como o Killzone 2, o Gran Turismo 6 (o online do GT 5 encerrou 4 anos depois do lançamento, sendo impossível platinar o game), o próprio Dark Souls no PS3 (apesar de achar meio improvável da Bandai desligar os servidores em um primeiro momento, mas felizmente o jogo consegue ser platinável sem depender do online, ficando uma tarefa mais complicada) e diversos outros FPS.

A questão do console antigo gera diversos questionamentos: vender o videogame por um preço baixo, junto com os jogos ou ficar com o aparelho pra jogar ainda outros games que ele não terminou. Mas será que ele ligaria o aparelho de tempos em tempos, mesmo com um console novo? Alguns são mais precavidos, mas outros não, e acabam esquecendo um pouco tanto do backlog antigo quanto de jogar outros jogos, mesmo em épocas de vacas magras quando não tem muito o que jogar.

Da minha parte pessoal, poderia citar de exemplo jogos como a série Mass Effect (teria de recomeçar o segundo game pela quarta vez, e o terceiro eu comprei por R$ 100 e nunca comecei a campanha), o Ni No Kuni, os 3 Final Fantasy XIII (só o primeiro que joguei bastante, mas acho que precisaria de umas 40 horas pra platinar…), o Gran Turismo 6, diversos Tales of (que fui comprando quando ficava com promoções arrasadoras na época que o dólar estava baixo) e diversos jogos que eu iniciei progressão, mas nunca avancei pra valer, desde o Split/Second, o Diablo III (esse até terminei várias vezes na progressão clássica, mas falta apenas o Modo Hardcore pra platinar, e uns 2 troféus extras) e o Skyrim.

Skyrim - Dragão

O jogador deve analisar bem como proceder com o seu backlog atual e futuro, e se vale a pena comprar jogos em promoção, caso ele planeje comprar um console next-gen. Por mais que a gente acabe facilitando na divulgação de promoções, ou mesmo hoje muitos jogos semi-novos e usados serem vendidos por preços baixos, se o jogador não planejar bem ele pode acabar comprando e gastando dinheiro, sem aproveitar direito, ou ele acabe comprando para “jogar depois”, mas ele acaba nem jogando no final das contas, partindo para um impulso consumista que poderia ser melhor aproveitado na nova geração. A menos que ele comece o seu backlog da nova geração, comprando determinados jogos em promoção para ele ter uma coleção inicial sólida no console novo, apesar de que com a situação tensa do dólar acabe inibindo um pouco o jogador de comprar muitos jogos por aí.

Ou ele pode acabar optando, posteriormente, por recomprar o jogo em uma nova plataforma, sendo que ele poderia ter comprado em apenas 1 delas e ter ido direto para a nova geração. Apesar de ter diversos jogos cross-buy nos consoles PlayStation, nem todas as empresas fazem esse tipo de mamata (como a Activision e seus Call of Duty), e cheguei a comprar o LittleBigPlanet 3 novamente no PS4 quando o jogo ficou em promoção, pois tinha comprado anteriormente no PS3 na época do lançamento. Mas acabei tendo o mesmo problema: comprei o game, joguei pouco por ter optado por outros jogos e tarefas, e fui deixando pra depois, pra depois… e ele ficou de lado junto com o PS3, após ter feito a transição para o PS4.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game