Esse não é um texto sobre o novíssimo multiplayer de God of War Ascension, já que todas as vezes que fui tentar jogar tinha aquela singela e maneira fila.

Muitos esquecem do single player pela saturação que a série vem passando e muito mais pelo “mais do mesmo”. Eu também tinha essa visão até pegar o jogo sentir que as coisas mudaram.



Na verdade eles não precisavam mudar muita coisa, era só repetir a formula usada em God of War 3, o ápice da série. Em Ascension conseguiram elevar ainda mais a jogabilidade e os gráficos, algo que eu achava impossível.

A jogabilidade é a melhor possível, agora com a possibilidade de pegar armas no meio do cenário como uma espada ou uma lança e matar os inimigos com aquela violência degenerada. Isso aumenta a variabilidade de combos e como na demonstração temos só duas armas, uma espada e uma lança, é possível ver que teremos mais armas na versão final.

O cenário continua incrível como sempre e como comentei parece que deram uma revitalizada na engine, deixando nosso amigo Kratos com um tom mais jovial.

Não sei como mas o jogo está mais violento, é aquela boa e velha violência degenerada e sem nenhum motivo. Engraçado que dizem que Kratos está mais “inocente” e ele aparece arrancando o cérebro de um elefante fora com as lâminas do caos.

É por isso que God of War sempre vai vender, não importando se existe inovação, a fórmula já está pronta é só não mexer em time que está ganhando que a série venderá para sempre. A Sony sabe disso, tanto que temos 2 jogos para o PSP e impressionante não terem anunciado nada para o Vita ainda.

E olha que eu nem joguei o multiplayer.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game