Recentemente o usuário Dauto, no Meiobit Games, perguntou se eu conhecia algum repositório de game design. Caso você não saiba, o game design é o planejamento completo de um jogo, e qualquer game sério tem que ter um, por mais simples e curto que ele seja. Tendo o planejamento em mãos, o desenvolvimento é mais rápido e a possibilidade do projeto morrer ou ter problemas no desenvolvimento diminui.

Pensei em começar a procurar sobre isso, mas ontem, por acaso, caí num dos milhares textos do Gamasutra, que considero um dos melhores site de gamedev do planeta. O texto cita alguns blogs e sites sobre game design. Para livros, recomendo ler o texto Top-5 livros de Game Design do tupinihon. Já os blogs/sites segue abaixo:

Publicidade

O primeiro é um projeto que tenta listar 400 regras de game design! Mas só tem 112 até agora.

O interessante da matéria é um dos parágrafos, que é bem parecido com o primeiro emprego aqui no Brasil: as empresas pedem experiência, e muitos estudantes não tem ela. Mas para ter, é necessário eles conseguirem o emprego para ganhar a tal da experiência, e não conseguem. É difícil resolver isso!

No texto tem-se o seguinte trecho:

“You can’t get into a game company until you have industry experience and you can’t get industry experience until you get a job in a company”

Tradução:

Você pode não conseguir um emprego até conseguir experiência numa empresa e você não consegue ganhar experiência até ter conseguido um emprego numa produtora.

Ou seja, a gente não tem chance nenhuma! A matéria fala que para a gente entrar na área é necessário a gente provar que sabemos de game design. Admito que quem quer trabalhar com isso se considera alguém que tem criatividade em inventar histórias. Ou mesmo alguém que saiba liderar um projeto, mesmo que não tenha inventado nada (e isso é uma das funções do game designer). Mas mesmo que o aspirante a game designer se considere uma pessoa criativa, ela pode não conseguir um emprego, e aí a gente tem que provar pro cara. Ou seja: ter um portfólio! O empregador poderá ver o game design para saber se a teoria que você aprendeu em cursos ou lendo livros/sites foi bem embasada e você tenha um projeto decente de game design.

É por isso que ando tentando postar os documentos (um game design é chamado de documento de design) aqui. Primeiro que eu estou postando na internet, onde qualquer um pode confrontar alguma coisa do documento, e isso serve de teste. Se eu erro alguma coisa, acabo aprendendo, e posso corrigir o texto. Segundo que um possível empregador pode acabar caindo no meu blog e ver: o Flausino parece que manja, mesmo não tendo diploma na área: ele pode ter estudado por conta própria. Vou entrar em contato com ele.

Por fim, eu posso mostrar pro empregador os meus game desings postados para ele ler e analisar. Esse é o meu jeito de provar que eu sei alguma coisa, e mesmo se eu não conseguir um emprego, eu posso desenvolver um jogo simples, postar no site e ganhar alguns trocados de propaganda. Até mesmo games mais simples podem servir de portfólio para outras áreas, e ter o game design em mãos serve pra mostrar pro empregador que você manja de gamedev e conhece os processos de desenvolvimento, mesmo que você faça algo específico na empresa onde você for trabalhar.

Quanto ao repositório, vou ver se acho algo na net, e se eu achar eu posto aqui. Aproveitando, vamos a pergunta clássica: você conhece outros sites de game design?