Apesar de não gostar da EA, ela tem seus méritos em conseguir gerar hype pela maioria dos seus games. E para continuar o hype de Crysis (um dos games de tiro mais esperados do ano), a produtora divulga os requisitos mínimos:

Veja as configurações mínima e recomendada de “Crysis”

Bom, pelo que a maioria deve ter lido, as configurações são altas. Algo bem diferente do que a Crytek disse algum tempo atrás.



Na época que saíram os primeiros rumores, pesquisei o preço da GeForce 6800 GT e achei ela cara demais pro meu bolso (nos sites que eu pesquisei falava em quase 1000 reais), e como ando passando por dificuldades financeiras, não poderei agora adquirir uma placa de vídeo com este poder. Fora que, no Mercado Livre (apenas consultando preços da placa), uma GeForce 8800 GTS (a placa de vídeo recomendada pela NVidia) custa acima de 1000 reais.

Fora que eu achei que eu precisaria só comprar uma placa de vídeo mais ou menos (cerca de 300 reais) e aumentar a memória para conseguir rodar o game. Como eu estava enganado…

Fazendo uma análise desta configuração e colocando em paralelo os consoles, dá para ver que um console tem um custo-benefício maior, mesmo o computador oferecendo n atividades diferentes para o usuário. Outro problema é que como a área de games para computador evolui muito rapidamente, o usuário sempre tem que fazer upgrades e tentar acompanhar a área de hardware. Já num console o único gasto que o jogador vai ter (de vez em quando) é na compra de novos games, não precisando fazer um upgrade de hardware de tempos em tempos.

Talvez a única vantagem dos jogos de computadores para o público brasileiro é o preço deles. Talvez a maioria ache 100 reais um preço nada acessível, mas se for levar em consideração a conversão do dólar e todo o gasto com distribuição, manual, etc, o preço acaba chegando nesse patamar, já que num game para console, o imposto de importação acaba prejudicando o preço, onde um game decente para o Xbox 360 custa acima de 150 reais.

Agora, se alguém comprou um PC para rodar Crysis, para mim foi burrice ter adquirido antes, já que era melhor ter esperado para ver quais seriam as definições mínimas e comprar o computador com uma configuração recomendada ou mesmo superior (para ele não se preocupar em fazer outra atualização de hardware em alguns meses). Fora que muitos usuários não tem tanto conhecimento em hardware para escolher bem a placa de vídeo. Pelo que eu já li por aí, tem placa de vídeo de 256 MB é melhor do que placas de 512 (mesmo em teoria sendo melhor, se for levar em consideração a memória interna). E também uma configuração que o usuário ache ser avançada por nem rodar o game direito.

Bom, eu já disse aqui que eu vou esperar até o ano que vem para fazer um upgrade no computador (isso se eu não comprar um console desta geração), e com isso posso acabar jogando o game onde o hype do mesmo será pouco. Talvez eu consiga comprar o game com um preço mais em conta e que eu gaste menos com hardware.

É claro que eu baixaria o demo do jogo antes para testar e ver se valerá a pena adquirir o mesmo.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game





Paganini Mixer