Dark Souls II - Vendrick Index


Dark Souls II - Vendrick 01

Definitivamente um dos chefes mais difíceis da série Souls (que engloba o Demon’s Souls, Dark Souls e Dark Souls II), e um dos troféus/conquistas mais difíceis de destravar. Vendrick é o antigo rei de Drangleic, que agora está no final da Undead Crypt, arrastando uma espadona pra lá e pra cá, completamente louco e estando como uma espécie de fantasma/zumbi completo (no caso um Hollow, segundo a versão americana do game e o estado final de quem pega a maldição dos mortos-vivos). Quando você o encontrar pela primeira vez, verá o King’s Ring na sala (necessário para prossseguir para as partes finais do game), e a Emerald Herald estará ali perto, comentando sobre a situação. Nesse momento, pegue o anel e volte depois, quando tiver pelo menos 4 das 5 Souls of Giants que você irá encontrar posteriormente. O rei tem uma altíssima defesa, e só com as Souls no inventário que ele poderá ser vencido (e por isso não use as almas, esteja com elas no seu inventário). Sem ter as Souls no inventário, será quase impossível conseguir desferir dano nele, pois sem ter nenhuma Soul, ele tem 32x de defesa. Na listagem abaixo tem o multiplicador:

  • Nenhuma Soul of Giant: 32x
  • 1 Soul of Giant: 16x de defesa
  • 2 Souls of Giant: 8x de defesa
  • 3 Souls of Giant: 4x de defesa
  • 4 Souls of Giant: 2x de defesa
  • 5 Souls of Giant: 1x de defesa (defesa normal).

A luta é ativada quando você acerta ele algumas vezes, mostrando a sua barra de energia na tela. As Giant Souls podem ser encontradas nas localidades abaixo, tendo 3 delas nas memórias dos gigantes/árvores que estão localizadas na Forest of Giants. Para entrar nelas você precisa do Ashen Mist Heart, que é dada a você pelo Ancient Dragon no final da Dragon’s Shrine, conversando com o dragão. E lembrando: não ataque o dragão quando você o ver pela primeira vez (que é pacífico).



  • Memory of Orro: No corpo de um gigante após passar por 2 gigantes e 2 cavaleiros atrás das baslistas.
  • Memory of Vammar: Bem no final, guardada por um gigante.
  • Memory of Jeigh: No corpo de um gigante após vencer o Giant Lord Boss.
  • Black Gulch: Derrote 2 gigantes em uma caverna escondida, que é acessada por uma plataforma abaixo e perto do primeiro bonfire. A caverna fica perto de uma porta da covenant Pilgrims of Dark, que é aberta se você tiver a Forgotten Key.
  • Dragon Shrine: Drop do Ancient Dragon, se conseguir vencer ele.

Dessas localizações acima, a mais tensa é a do já citado Ancient Dragon. Como o dragão é bem difícil de derrotar (e você só ativa a luta se você bater ele), eu nem tentei fazer isso, pois quando fui num co-op (ajudando alguém) eu morri com uma baforada dele no momento que entrei na localidade onde ele está. Consegui matar o Vendrick com 4 almas, mas no MyPST uma dica postada lá cita que é possível fazer um Bonfire Ascetic em Black Gulch e vencer novamente os 2 gigantes, conseguindo uma quinta almas extra. O jogador wrodtricolor citou que, estando com uma tocha, o ideal é correr para uma salinha que fica dentro da caverna e acertar os bichos de lá mesmo, mas eu não fiz essa tática. Certamente faria ela, mas o problema é reativar o chefe da localidade (o The Rotten) e deixar essa parte ainda mais difícil no New Game +.

– De posse das CINCO ALMAS, VENDRIC É MOLE.
Eu matei ele em 30 segundos usando as piromances: forbiden sun, flame swath e um firestorm para finalizar, com a luva piromancer no máximo e usando a penal handcuffs.

Bom, o método que eu usei no Vendrick foi o tradicional, e mostrado no vídeo abaixo:

Basicamente ele possui 4 padrões de ataque físicos e uma magia de curse que ele desfere no início da luta, caso você esteja longe (e que pode desferir outras caso você fique muito distante dele). Ele só fez essa ataque 1 vez comigo, e sorte que eu desviei disso. Já os padrões de ataque físicos são baseados nas suas espadadas, onde ele pode dar uma espadada vertical, uma sequência de espadadas verticais (podendo dar de 2 a 3 seguidas) e uma horizontal, e ainda tem um salto que ele fará se você estiver muito longe, podendo causar morte instantânea do jogador. Depois de ter morrido várias vezes ao tentar defender os “ataques mais simples” com o Drakekeeper Shield (evoluído com +10) eu tentei usar a estratégia acima, usando a mesma Black Knight Ultra Greatsword, evoluindo ela um pouco com os Twinkling Titanites, mas a espada é muito pesada e difícil de usar, me deixando um pouco desanimado. Comentando sobre o chefe no Fórum do UOL Jogos, o Ryuuzakii comentou sobre o “escudo do Havel” (Havel Greatshield) que se tornou a minha última cartada, pois com um escudo mais poderoso (possivelmente este é o escudo mais poderoso do jogo) eu conseguiria me defender, e pensei em ir igual um tanque de guerra contra ele. A localização do escudo está citada abaixo em outro vídeo:

Para usar o escudo era necessário ter pelo menos 45 de Strength, e como o escudo pesa quase 20 kilos, e parte do set equipados, eu não tinha tanta mobilidade para desviar, morrendo facilmente nele. Até perdi algumas horas farmando Twinkling Titanites na Shrine of Amana para poder evoluir o escudo. O ítem de farm é dropado do Lindelt Cleric e da Amana Shrine Maiden, mas no guia oficial da Future Press (que chegou essa semana para mim!) não é citado que as feiticeiras também dropam esses ítens.

Dark Souls II - Lindelt Cleric - Amana Shrine Maiden

Mas eu consegui dropar uma Titanite com uma delas, quando tentei farmar na área antes do terceiro bonfire (e depois da parte que tem um Ogre branco). O drop das Titanites também é baixíssimo, mesmo usando o Prisioner Hood, o Prisioner’s Tatters (peitoral) e o anel Covetous Gold Serpent Ring, que aumentam as chances de ter ítens ao matar os inimigos (item discovery rate). Devo ter matado mais de 70 clérigos (zerando o respawn de quase todos da localidade) e cheguei a ter em torno de 12 a 15 ítens desses, e não foram suficientes para avançar na evolução da Havel Greatshield pra +5 (consegui no máximo +4), pois nem sempre dropava ítens, e às vezes dropava outros ítens (como as maças e escudos deles). Poderia usar um Bonfire Ascetic pra ressuscitar os clérigos, mas optei por deixar quieto, pois o local, apesar de ser belíssimo, é um dos mais insalubres do game. A Shrine of Amana é o cão chupando manga!

Também farmei alguns níveis em Vitalidade (VIT) para aumentar o Equip Load e poder carregar armaduras mais pesadas, mas não adiantou muito não. Então decidi mudar um pouco de estratégia: como estava com o set de Drangleic, decidi usar a espada Drangleic Sword (que estava em +2) com o escudo do Havel e um set misto, com partes mais leves pra poder ter boa esquiva, e usei a estratégia do vídeo acima, sempre ficando atrás dele e desferindo 2 espadadas por vez, sempre observando a minha stamina pra deixar ela cheia caso um dos ataques do Vendrick me acertassem.

Também desviei algumas vezes quando não tinha tanta segurança em segurar um golpe dele com o escudo, mas desviar também é uma estratégia arriscada, pois um erro de cálculo e você pode ser acertado. Quando ele se afastava eu corria na direção dele e tentava me posicionar sempre de costas, andando em sentido anti-horário pra escapar das espadadas verticais que ele poderia desferir. Quando ele dava 2 espadadas e a minha stamina acabava, eu tirava o dedo da defesa pra ela carregar rapidamente (tenha o Chloranthy Ring equipado, que você pega no andar de baixo da sala das balistas na Forest of Giants, usando a Pharros Lockstone que é vendida pela Melentia) e rezava para que ele não desferisse um novo ataque, que pode ser letal. Algumas vezes ele conseguiu me acertar, e aí eu parava com os ataques para me curar, sempre prestando muita atenção na luta. Por fim, consegui vencer o meliante!

Sobre a Ultra Greatsword, ela não funcionou para mim, e como a Drangleic Sword só causava em torno de 150 pontos de dano, a luta foi um pouco demorada. Também poderia ter usado os raios de fé (Lightnint Spear e Great Lightning Spear), mas como eles não estavam causando muitos danos, e tem um delay para você fazer o tiro, nessa hora a sua defesa fica aberta, e contra ele pode ser fatal deixar brechas. Por mais que eu tenha avançado em faith (tenho atributo 50) não tinha avançado direito nos cajados e “chimes” específicos, e por sempre escolher errado os meus atributos e evolução (aquela mania de querer ser bom em tudo) eu não tinha uma velocidade boa para usar as magias, fora que também não quis usar uma Soul Vessel para refazer a distribuição de atributos. Quem é melee tem mais facilidade com o Vendrick por usar a estratégia de circular ele verticalmente, desferindo golpes cadenciados nele. Para os magos e outras classes baseadas em ataques à distância, o guia oficial cita que o personagem tem de ficar um pouco distante dele, se desviando de seus ataques de pulo que ele fará (rolando para os lados, talvez).

Já o Marcelo Guaxinim, com uma build de sorcerer, fez um pouco diferente: ele usou um Bonfire Ascetic no segundo bonfire de Aldia’s Keep (que fica no meio da escada para uma área cheia de ácido corrosivo e que tem alguns inimigos lá) e pegou outra Soul Geyser, uma das magias mais poderosas do game, e que é necessário ter pelo menos 64 do atributo INT pra utilizá-la. O jogador também pode diminuir um pouco os atributos necessários para usar a magia com uma Simpleton’s Spice, dando o ítem no Magerold of Lanafir, o mercador que fica em uma sala no início de Iron Keep (perto de uma estátua que cospe fogo, à direita). A estratégia que o Marcelo usou é a seguinte:

Fiquei girando ele para ficar atrás dele. Em caso de emergência eu rolava para trás, sempre mantendo ele no centro da área. Soltei Soul Geyser até deixa-lo com quase nada e finalizei me afastando e soltando Spears. Quando ele atacava eu desviava, dava um passo pra trás pra magia pegar em cheio e BUM!

Apesar do Vendrick ser bem insalubre, se você for perseverante e tem interesse em platinar o game, ele infelizmente estará no seu caminho. Talvez no New Game+ o jogador esteja bem mais evoluído para enfrentar ele, mas como a segunda progressão adiciona mais periculosidade, então recomendo tentar na primeira jornada mesmo. Também recomendo zerar o contador de respawns dos inimigos do corredor final da Undead Crypt, pra ficar mais fácil de poder correr até lá quando for enfrentar ele, e sempre manter equipado o Ring of Life Protection, que preserva as suas almas e deixa você vivo (se estiver). O custo de reparo é alto (3000 almas), mas compensa quando você tem muitas almas e tem poucas Human Effigies à disposição.

Caso queira saber mais sobre o Dark Souls II, confira a nossa análise, a nossa coletânea de posts e o nosso guia de sobrevivência, com muitas dicas para o jogador que esteja iniciando a progressão desde que é um dos melhores RPGs de 2014! Dark Souls II está disponível para PlayStation 3 e Xbox 360, com a versão para PC sendo lançada no dia 25 de abril.

Dark Souls II - Vendrick 02 - Trophy







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game





Paganini Mixer