Um game desconhecido criado por uma produtora pouco conhecida e um dos jogos mais impressionantes da geração atual dos videogames. Demon’s Souls é um exemplo claro de que um gameplay arrasador e um multiplayer inovador se sobressaem num game onde os gráficos são medianos e tem um enredo praticamente inexistente, mesmo com uma temática sombria. Um jogo onde você tem medo de morrer, por conta do seu sistema de recompensa e superação. Uma aventura onde você não tem nenhuma sinalização do que fazer e de onde ir primeiro. Onde em cada mundo você terá inimigos formidáveis e chefes arrasadores, capazes de te matar com um só golpe. Um RPG sádico, onde muitos desistem no começo e quem curte consegue a superação e a recompensa posteriores.

O game dirigido por Hidetaka Miwazaki e criado pela From Software foi um sucesso absoluto, pra mostrar que o Japão pode ter RPGs que rivalizam os concorrentes ocidentais, onde os concorrentes tem uma curva de aprendizado mais fácil e que facilita pro jogador, sem frustrá-lo de seus erros. Demon’s Souls joga no lixo todas as facilidades dos games modernos para trazer um jogo difícil, que joga na sua cara a todo momento que você não tem descanso. Você está indo para uma guerra onde você irá enfrentar suas dúvidas e se deve ou não avançar, para descobrir depois que se você não tiver sangue frio você irá perecer nos corredores sombrios das diversas localidades existentes no jogo.



Punição. Cruel para o jogador, tirando todas as almas que você adquiriu até o momento. A morte de seu personagem é o recomeço de toda a fase, com todos os inimigos de volta, com sangue nos olhos querendo matá-lo novamente. Jogar estando vivo e com sua barra de energia toda cheia, até morrer e ter de ficar com metade da energia, salvo se usar um anel que pode te dar 25% a mais da barra. O game acaba ficando mais fácil nesse modo, pois ao morrer estando como alma você não aumenta a periculosidade do mundo. Em Demon’s Souls o local pode variar do Pure White ao Pure Black. Em Pure White os inimigos dão mais ítens de cura e recebem mais dano. No Pure Black você recebe mais dano, há poucos ítens de cura e inimigos mais poderosos.

Superação. Você saber como morreu e saber quais são as rotas mais fáceis. Saber que enfrentará um inimigo mais difícil na próxima sala. Até chegar onde você morreu e reivindicar todo o seu progresso até aqui. A recompensa pela punição inicial e a satisfação da vitória diante de terríveis adversidades.

O dilema da dúvida. Voltar para gastar suas almas em novos níveis de experiência, comprar equipamentos e itens de cura, tendo de passar novamente pela fase com todos os inimigos de volta. Ou continuar até o fim, tendo de enfrentar um chefe sem errar para não morrer e ter as chances de não recuperar mais as suas almas aumentarem para até 100%, dependendo do chefe em questão e da própria periculosidade da fase.

Um caminho sem volta. O salvamento automático e constante traz mais dificuldade ao jogo, onde suas decisões são baseadas na sua frieza e no seu conhecimento do que vem à seguir. Perder 1000 almas no começo podem parecer terríveis, mas são necessárias para você entender a mecânica de jogo. Até você perder 30, 40 mil, por conta de um erro e de você nunca pensar que o game se tornou mais fácil depois que você o domina. Demon’s Souls sempre irá jogar contra você, ainda mais se você estiver em tendência Pure Black, com o jogo mais difícil e com inimigos ainda mais fortes.

Bem e mau. Poder convocar outros jogadores a te ajudarem em seu mundo no multiplayer. Oferecer a sua ajuda para outros jogadores e reviver. Enfrentar jogadores que querem te matar para poderem recuperar o seu corpo. Fazer o mesmo e prejudicar outros jogadores.

Demon’s Souls é tudo isso e muito mais. Um RPG hack-slash sádico e difícil, mas que é recompensador caso você consiga trinfar num mundo hostil e com perigos a cada passo, tendo apenas 1 local seguro no reino de Boletaria: o Nexus. O lugar onde você pode descansar e guardar seus equipamentos. Um lugar para melhorar suas habilidades com as almas que você adquire, comprar armamentos e trocar almas mais poderosas com magos e sacerdotes. Um dos jogos mais desafiadores desta geração de videogames.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game