Bom, esta edição do Diário Gamer não tem relatos de jogatina, mas como diário é diário ( 😛 ), tenho de postar também algumas coisas que ando adquirindo por aí. Já faz algum tempo que eu comprei o Final Fantasy XII original e é o primeiro de uma série de games originais que tentarei adquirir aos poucos pro Playstation 2. Não quer dizer que eu não goste de adquirir, mas convenhamos: um jogo original é, algumas vezes, bem caro por causa dos impostos de importação e não dá pra adquirir muitos deles. E como recentemente ando me preparando pra adquirir um console novo, o meu orçamento mensal vai ficar estourado e terei de focar meus gastos pra pagar as prestações do aparelho e de possíveis outros games original deste novo console (fora as outras contas normais, como o meu monitor de LCD e uma cadeira nova).

O jogo eu comprei do amigo Dori Prata, que é o editor-chefe do Meiobit Games e tem também um blog pessoal que também posta relatos da sua jogatina e games que ele eventualmente adquire (aliás, aquela versão do Splinter Cell: Double Agent é simplesmente espetacular!). O jogo está praticamente novo.



Mais duas fotos:

Nas fotos acima, uma é do manual que vem junto com o jogo. Só dei uma folheada básica e o mesmo é muito bem feito, apesar de minúsculo. É claro que quem compra o jogo e não quer saber muito sobre o mesmo tem de evitar a leitura do mesmo, que pode estragar algumas surpresas do jogo. Mas o problema é que a tentação é tão grande que você acaba dando uma folheada. No caso do Final Fantasy XII, como adquiri o jogo e recentemente e já tinha uma versão “alternativa”, já sabia de antemão todos os trechos do jogo (afinal, se eu quiser eu posso simplesmente zerar o mesmo, mas quero derrotar o Yiazmat, o chefão secreto mais difícil do jogo).







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game