Paganini Mixer

Gran Turismo 6

Nexta sexta-feira chegou a minha cópia do Gran Turismo 6, que peguei no Ricardo Eletro, pagando o melhor preço que eu poderia pagar num lançamento, saindo por R$ 120 por ter usado um cupom de desconto de 30 reais que achei no fórum do UOL Jogos (que não é mais válido). Inicialmente tinha optado pela edição digital pra pegar no final do mês, mas como fiquei com receio da versão não funcionar em uma conta diferente da conta compradora (ter trava de PSN-ID) optei pela versão física nacional.

Esta edição veio com avatares para a PSN-ID e 25 carros para a sua garagem, o que foi uma mão na roda nesse início de progressão, escolhendo carros um pouco melhores para fazer algumas corridas. E por terem carros de todas as trações principais (FF, FR, MR, 4×4, etc) então não preciso gastar muita grana em comprar novos carros para ir em outras corridas. E outro detalhe bem interessante é que ficou “mais fácil” alterar as configurações e comprar peças pelo “menu lateral” dentro do menu do evento. Uma das opções mais legais é o “limitador de potência”, onde você faz um ajuste fino pra deixar o carro mais lento e assim entrar em eventos se o seu possante for mais poderoso do que o limite máximo:



Gran Turismo 6 - Taça Freshman - Corrida 02

Gran Turismo 6 - Configurações do Carro - Limitador de Potência

Mas enfim, agora que eu tenho uma cópia minha não preciso mais me preocupar com aluguel do jogo/empréstimos e irei fazer esta coluna com mais frequência, mesmo sem prometer periodicidade, comentando um pouco da minha progressão e tecendo impressões diversas dos novos conteúdos que serão disponibilizados no futuro. Para começar, o game simplificou muita coisa que tinha no Gran Turismo 5, deixando os menus mais fáceis e menos bagunçados, e agora o Modo Carreira (antigamente chamado de Simulation Mode) é dividido em 6 níveis: Amador, Nacional B, Nacional A, Internacional B, Internacional A e Super, e para ir avançando é necessário ganhar estrelas nas corridas, dando 3 estrelas por pista (1 pra completar, outra para chegar em 3º e uma para completar em 1º) e inicialmente eu tinha ficado meio perdido, caçando os menus de licenças e descobrindo depois que elas ficam dentro de cada etapa. E as licenças só são liberadas depois que você faz algumas provas iniciais.

Por falar em licenças, pelo que eu percebi (e que foi comentado por um amigo pelo Facebook) é que elas estão mais fáceis de serem tiradas, incluindo os tempos em ouro. E dentro das licenças é gerado um ranking de tempo com os tempos dos seus amigos da PSN, similar ao Autolog da série Need For Speed. Claro que é apenas nessa parte que tem os tempos, pois nas corridas eles podem não ter implementado por conta da enorme variação e possibilidades de carros e situações dos jogadores, mas acho que poderia ter inserido as classificações nas corridas também. Aí bastaria fazer ajustes no carro pra tentar bater o tempo de alguém, mostrando que você pode conseguir maximizar as configurações e “vencer” no braço (e se tiver sorte!).

Gran Turismo 6 - Classificação Online - PSN

Com os tempos dos amigos (e por usar o Instagram com uma certa frequência) eu decidi “me gabar” tirando uma foto com o tempo em primeiro lugar, na licença B-3, onde você tem de fazer uma curva “relativamente” fechada em alta velocidade e depois seguir em linha reta até a linha de chegada. Aí iniciei, sem querer, uma disputa com o Fábio Santana, jornalista experiente de games, fã da série e que já comandou o PlayStation.Blog brasileiro, e atualmente é gerente de Relações Públicas da Capcom. Eu consegui ficar em primeiro nas tomadas de tempo, conseguindo 15.004 segundos. Ele foi lá e abaixou o tempo dele, ficando com 0:14.997. Decidi tentar novamente e abaixei o tempo para 14.984 e depois consegui reduzir para 14:977, enquanto que ele conseguiu reduzir para 14.961. Na hora entreguei os pontos, pois não conseguiria mais abaixar o meu tempo. E tem outra: ele tem um volante oficial, tendo vantagens competitivas e outras facilidades, e eu to só no Dual Shock 3!

Gran Turismo 6

Após isso o meu irmão chegou da balada e liberei a TV pra ele. à 01h00 da manhã deste sábado eu decidi tentar novamente depois que ele foi dormir, e consegui o milagre de reduzir o meu tempo para 14.950, um tempo que eu não consegui mais chegar perto. Acho que o que facilitou foi que não teve “fantasmas” do meu carro na primeira tentativa, e pela licença se resumir a virar corretamente sem frear, então esta licença acaba sendo bem fácil de tirar o troféu de ouro.

Gran Turismo 6 - Fabão vs Flausino 02

Enquanto eu estava escrevendo esse post ele bateu novamente o meu tempo:

Gran Turismo 6 - Fabio Santana vs Flausino 03

Aí depois de 1 hora tentando, o milagre aconteceu (de novo!):

Gran Turismo 6 - Fabio Santana vs Rodrigo Flausino

Gran Turismo 6 - Fabio Santana vs Flausino

De qualquer jeito, acho bem provável que ele consiga bater meu tempo. Nesse meio tempo decidi continuar a progressão do jogo, completando a categoria Amador e fazendo algumas corridas no Nacional B. Gran Turismo 6 até que tem bastante coisas pra fazer, mas acho que não chegaremos mais ao patamar do Gran Turismo 2, que tinha eventos e corridas pra cada montadora e você ralava pra conseguir aumentar a porcentagem da sua progressão, tendo centenas de eventos pra cada modelo de carro. A jogabilidade também está razoável dependendo do carro, e uma simples alteração de potência de freio fez o meu carro ficar com uma dirigibilidade pior, e é claro que muitos jogadores mais hardcores farão alterações nesse sentido, conseguindo maximizar o desempenho do carro, além de ter muitos players com volantes precisos e que conseguem ter uma experiência mais realista.

Já o receio do game limitar o ganho de créditos (por causa do sistema de micro-transações com dinheiro real), até o momento não tive problemas. Talvez por já ter começado com 25 carros eu não precise sair comprando um de cada vez pra ir nos eventos, ajudando a ajuntar uma pequena reserva de grana que eu uso ocasionalmente para comprar peças específicas para aumentar a potência dos carros e facilitar a minha vida nas corridas. Claro que nos eventos normais o jogador não ganha tanta grana, mas com tantas concessionárias, não é difícil encontrar carros baratos e de acordo com os requisitos básicos de cada evento. Basta saber garimpar!

Gran Turismo 6 - Dodge Viper - Grand Valley East

Concluindo, estou curtindo bastante o jogo, apesar de não ter gostado muito das barreiras quanto a alguns modos de jogo. O online e os eventos Sazonais só são liberados após adquirir a licença Nacional A, mas pelo menos são poucas horas de jogo necessárias para conseguir liberar as coisas. Eu ando tentando ganhar todas as estrelas nos eventos, tanto por causa dos troféus quanto para adquirir outros carros. Para quem curte simuladores e/ou é fã da série, este é altamente recomendado!