World of Warcraft - Chefes e Personagens Marcantes


Alguns anos atrás a Blizzard iniciou um processo que se tornou praticamente padrão aqui na indústria brasileira: o lançamento da versão brasileira de World of Warcraft, totalmente localizada para o nosso idioma! Desde então o jogo se tornou ainda mais conhecido, ganhando servidores próprios para os jogadores, formas de pagamento em reais, além de uma localização primorosa, com dublagem, legendas, menus e adaptações em alguns termos. A dublagem considero uma das melhores dos jogos, com dubladores famosos, como o Isaac Bardavi (o eterno Wolverine), que fez diversos personagens e retornou em Legion com o Magni, onde o personagem tem uma participação muito bacana na luta do Conciábulo de Shivara, comentando cada Panteão escolhido, adicionando muita imersão na luta contra as chefes. Também tem o Mauro Ramos, que faz o Illidan, personagem que está presente em toda a expansão atual, com o retorno do personagem na luta contra a Legião! O bordão “Você está preparado?” sempre é lembrado quando interagimos com ele, tanto nas progressões da Tumba de Sargeras, quanto em outros momentos da expansão, trazendo detalhes da história trágica do personagem.

Nesta semana fomos convidados para uma conferência pela internet junto com alguns portais (como o Jovem Nerd e o Techtudo), com a participação dos gerentes de comunidade da Blizzard, em comemoração aos 6 anos do lançamento do jogo por aqui! Com muitos funcionários brasileiros trabalhando tanto aqui no Brasil e na sede da Blizzard em Irvine, na Califórnia, aliado a todo o processo de localização do jogo, a Blizzard deu liberdade para adaptar para o nosso idioma diversos elementos, usando, por exemplo, referências brasileiras na versão nacional. Um exemplo marcante é o o personagem Rosarães Guima, que recebeu o nome em homenagem ao Guimarães Rosa, junto com nomes dos NPCs da cadeia de quests, e nomes das conquistas, como o “Grande Espinhaço: Veredas“.



Aliás, sobre a tradução, eles comentaram sobre o início de atividade do WoW por aqui, e foi perguntado sobre as resistências iniciais da comunidade com as adaptações de alguns termos, como Stormwind (que se tornou Ventobravo), mas que depois os jogadores que mudaram o jogo em português, eles gostaram da adaptação e deixou os funcionários muito felizes com toda a recepção. O gerente de projetos da localização brasileira, Robert Wilson, comentou bastante sobre isso na conferência, que você confere abaixo:

Acho normal alguém que já esteja jogando num idioma ter uma mudança ou opção nova, e tentar. A localização que a gente tenta fazer é criar um jogo como se fosse do zero, como se fosse um jogo produzido em português, feito para o público brasileiro. E a partir daí incentivar o jogador brasileiro pelo menos experimentar a localização. Ninguém, tem a obrigação de ficar entre um idioma e outro, alguns jogadores gostam de jogar nos 2 idiomas, você pode mudar a qualquer hora.

Mas o retorno que a gente teve dos jogadores que mudaram pra português, que experimentaram o jogo em português foi super positivo, continua sendo super positivo, nos deixa muito satisfeitos com o trabalho que tivemos e com a recepção. E acho que também não é surpresa, por além da tradução ser feita por uma equipe brasileira, os atores que fazem as vozes são atores sensacionais, são dubladores conhecidos, são experientes, representam tanto o Rio de Janeiro quanto São Paulo, na indústria de dublagem, porquê o World of Warcraft é um projeto enorme. Nós temos dubladores dos 2 polos principais de dublagem principais do país.

Então a recepção do jogo pra quem muda pro português eu acho que reflete essa qualidade, reflete a qualidade das atuações e das performances e não é surpresa também, porquê tem vozes que as pessoas cresceram ouvindo, como o Isaac Bardavi, que hoje é um personagem principal do jogo. Ou o Mauro Ramos, que muita gente conhece, fazendo o Illdan no nosso jogo. Então a partir do momento que você muda pro português, eu acho que a ideia de que você não vai se acostumar ao jogo meio que fica em segundo plano e você acaba se divertindo e vai continuar jogando em português. A gente fica muito feliz com o retorno da comunidade.

Perguntei a eles se os servidores clássicos anunciados na Blizzcon (contendo o Vanilla) também receberão localização, e a ideia é de que todos os conteúdos do jogo ganhem versões em nosso idioma!

Os servidores clássicos não são o nosso foco agora, mas do que posso dizer sobre localização é que até agora a gente teve o privilégio de localizar tudo que a Blizzard faz pra português e que tudo seja acessível ao público brasileiro.

Para comemorar os 6 anos de lançamento, teremos uma stream especial hoje as 20h00, onde os jogadores farão uma caminhada, a Gnomotona de Inverno, tendo de criar um gnomo com os cabelos vermelho ou verde, além de comemorar o Natal. Será no servidor Goldrinn e os streamers também poderão participar e transmitir em seus canais, onde a stream terá diversas recompensas especiais, desde montarias, mascotes, tempo de jogo, o jogo base e a expansão Legion!

Crie seu Gnomo e junte-se à comunidade de World of Warcraft com Lorie, Nimbioth, Umildassow e o formidável Jiraya nesta maratona de gnomos no jogo, espalhando o espírito festivo por Azeroth!

⚔️ No dia 20 de Dezembro às 20 horas (horário de Brasília) conecte-se no reino Goldrinn, e crie um novo personagem seguindo estas características: um Gnomo de cabelo vermelho ou verde. Assim que a stream começar, daremos início à caminhada por Azeroth!

O evento será transmitido na Twitch e no Youtube! Lembrando que atualmente o jogo está no patch 7.3.2 e tivemos nesta semana a segunda ala da raide Antorus, pelo localizador casual de grupos. Um conteúdo bem mais acessível, trazendo mais 3 chefes e com possibilidade de vir novos equipamentos bacanas para os personagens! Além disso, em breve teremos o patch 7.3.5 e e finalmente a expansão Battle for Azeroth, com novas áreas, novo level cap, masmorras e raides, além das raças aliadas.

World of Warcraft: Legion está disponível para PC e Mac.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game