O Gametrailers exibiu, finalmente, a tech-demo da Unreal Engine 4, a engine da próxima geração da Epic Games. E, diferente do que a Square fez (que só mostrou o vídeo Agni’s Philosophy), eles também divulgaram um vídeo de 10 minutos demostrando alguns recursos:



O que mais impressiona é que as alterações são praticamente em tempo real. Iluminação, efeitos impressionantes de partículas, uma interface relativamente fácil de trabalhar. E, segundo o Gamesfoda, “A demo roda em um PC, com um processador Intel i7, 16GB de RAM e uma GPU NVIDIA GTX680”, uma configuração de um PC já existente, apesar da placa de vídeo custar bem caro.

A Unreal praticamente se tornou a principal engine do mercado, e no futuro terá um papel importante. Já que a Square pretende usar a Luminous Studio apenas internamente, a Epic licencia a Unreal Engine e tem inclusive uma versão gratuita para estudantes e desenvolvedores indie. A versão mais completa, claro, custa uma fortuna (rumores apontam 1 milhão de dólares só pra licenciar), mas as empresas grandes tem como custear e ter o suporte deles. E com certeza os desenvolvedores da Epic estão usando os kits dos novos consoles para adaptar a engine para ser usada neles, além de toda a parte de hardware da AMD e da NVidia. Muitos rumores apontam que os próximos consoles usarão as placas de vídeos das 2 empresas, e o Star Wars 1313, por exemplo, estava rodando em uma placa high-end da NVidia.