NVIDIA GeForce RTX - Novos Recursos do DXR


A NVIDIA e as produtoras anunciaram hoje que o Ray Tracing – que traz melhorias de iluminação com menor processamento, e principal recurso das placas de vídeo GeForce GTX – estará presente nas principais engines de games do mercado! Eles revelaram as novidades na semana da Game Developers Conference, principal evento de criação de games do mundo e que acontecerá esta semana em São Francisco, nos EUA.

Os anúncios, que se baseiam principalmente no Microsoft DirectX Ray Tracing (DXR) incluem integração do Ray Tracing em tempo real nos motores gráficos, suporte ao recurso a partir das placas de vídeo GeForce GTX 1060 com 6 GB e superiores (aumentando bastante a base instalada, já que são placas de custo menor!), o lançamento do NVIDIA Gameworks RTX, entre outras novidades.

O suporte ao Ray tracing será nas principais engines do mercado, incluindo a Unity e a Unreal Engine, além de engines internas de outros estúdios, como a Frostbite Engine (DICE/EA), o Northlight Engine (Remedy Entertainment) engines de Crystal Dynamics, Kingsoft, Netease e outros.



Novos recursos do Microsoft DXR

É um passo importante para que o recurso chegue a mais títulos, tanto jogos atuais e futuros! E como citado acima, a fabricante também incluirá suporte ao Ray Tracing em placas de vídeo da série GTX, com um driver que será lançado agora em abril!

As GPUs NVIDIA GeForce GTX baseadas em arquiteturas Pascal* e Turing agora também poderão aproveitar os jogos suportados por ray tracing através de um novo driver programado para chegar em abril. O novo driver permitirá que dezenas de milhões de GPUs para jogos suportem o ray tracing em tempo real, acelerando o crescimento da tecnologia e dando aos desenvolvedores de jogos uma enorme base instalada.

Com este driver, as placas de vídeo GeForce GTX executarão efeitos de ray tracing em seus núcleos de shader. O desempenho do jogo pode variar de acordo com os efeitos traçados pelos raios e o número de raios lançados no cenário, assim como o modelo da GPU e a resolução do jogo. Todos os jogos que suportam as APIs Microsoft DXR e Vulkan serão suportados.

Para os desenvolvedores, a Epic fará uma palestra na GDC nesta quarta-feira (20 de março) detalhando os recursos e a versão 4.22 da Unreal Engine, que já está em testes.

A previsão de disponibilidade do Ray Tracing na Unity será em 4 de abril, onde será oferecido suporte otimizado ao ray tracing em uma versão experimental personalizada, que será disponibilizada a todos os usuários do GitHub que tenham o acesso completo ao Unity 2019.3.

“Em um futuro próximo, acredito que todos os títulos de AAA incorporarão o ray tracing em tempo real”, disse Jon Peddie, presidente da Jon Peddie Research. “A integração do traçado de raios em tempo real pelos dois motores gráficos mais populares da indústria define a crença da indústria de que o ray tracing em tempo real é o futuro dos gráficos dos videogames. Historicamente, a integração do game engine representa um ponto de inflexão para a tecnologia e é seguida pela adoção em todo o setor”.

No site oficial você poderá ver mais detalhes das principais novidades. O Ray Tracing em tempo real é uma das principais tecnologias da indústria que considero ser um salto de geração, oferecendo iluminação em tempo real e com fidelidade gráfica elevada. A NVIDIA anunciou o recurso no ano passado e desde então diversos títulos oferecem suporte, como o Battlefield V, Metro Exodus e o Shadow of The Tomb Raider.

Aliás, hoje foi divulgado um vídeo mostrando o MMO Dragonhound, da Nexon, que terá suporte ao Ray Tracing.

Além do Ray Tracing, também tem o DLSS, que provê visuais ainda melhores graças aos investimentos e pesquisas em deep learning e na inteligência artificial. Battlefield V e Metro: Exodus tem suporte ao recurso. Saiba mais aqui.

* A partir da 1060 com 6 GB