World of Warcraft - Conseguindo a conquista de Desbravamento de Draenor


Ao analisar inicialmente como que será o “World of Warcraft: Legion“, mais as teorias de vôo do Warlords, decisões da Blizzard de liberar/não liberar vôo no início da expansão atual, dá pra perceber que diversos sistemas de gameplay poderão funcionar na próxima expansão. A meta-conquista do Desbravamento de Draenor, por exemplo, já entra no roll das conquistas mais indigestas do jogo, ainda mais por conta de ficar “caçando tesouros” por aí. Algo que você normalmente não faria em um primeiro momento, com alguns tão bem-escondidos que você toparia por um desses, mas ele estaria na sua câmera e você nem veria ele naquela fresta na parede ou mesmo no pequeno lago submerso.

É curioso ver os tesouros que você arruma. Tem desde armas comuns que você não usaria para a sua classe (como maças e adagas, por estar de caçador), muitos recursos de guarnição e diversos itens “lixo” (literalmente), com a coloração cinza. Mas que geraram alguma graninha extra para o jogador, apesar de que 40 gold num item random não faria muita diferença para os mais de 30 mil gold do personagem (mas sempre é bom sair vendendo tudo, ainda mais se você já tem o Mamute com o NPC de repair, liberando espaço na bag).

Dos sistemas de Legion, o novo sistema de escalonamento pode servir para a questão dos “World Drops” de equipamentos, sobretudo os lendários. Supondo que a Blizzard pegue esse sistema de “caça ao tesouro” e coloque equipamentos baseados na sua classe-especialização. Ao achar um baú dando sopa numa caverna, pode vir um item maneiro com chance de aprimoramento, melhorando o poder do seu personagem e dando mais sentido para aquela exploração.



Fora os tesouros que você tenta, tenta, tenta, mas não consegue pegar nem se pudesse! Alguns que ficam no topo de pilares onde você tem de fazer um “mini-jump puzzle” (mas que nunca será pior que os Jump Puzzles do Wintersday/Blood and Madness do “Guild Wars 2″…), alguns mostrados no mapa, mas que você não localiza em canto nenhum da sua câmera/tela, alguns que são marcados em um local, mas estão “mais à esquerda” (como um que ficou na parede de fora do outro lado de uma “casa de árvore” na região próxima a Floretérnia…mas foi em Gorgrond que a missão ficou bem facilitada, por conta de muitos tesouros estarem logo atrás de vinhedos endurecidos, usando um retalhador para conseguir limpar caminho e pegar o tesouro. Esses foram mamata pra pegar!

World of Warcraft - Pegando a conquista do Maníaco Retalhador

Ao completar esse desafio, veio um dos sentimentos de “missão cumprida” mais fortes dos últimos tempos, pois a partir de então entra a questão de que “não tenho mais nada importante pra fazer na expansão”. Sim, sei que tem progressão de raide, conquistas diversas, caçar monstros raros, caçar pets raros de Draenor, fazer as batalhas de mascotes contra os pets lendários de Tanaan, fora tudo que o jogo ainda oferece das expansões anteriores, PvP… mas que não gera tantos estímulos pra fazer no momento. Recebendo diversas chacotas da comunidade/membros da guilda me chamando de “cotoco” por ainda não poder voar antes em Draenor, ou mesmo os mapas de tesouros estarem marcados te chamando pra você limpar (to aqui, venha coletar todos os tesouros de Nagrand), isso me gerou um pouco de motivação extra.

Também andava fazendo essas explorações entre as filas do localizador. Só que como comentei antes: os jogadores mais hardcore estão deixando de fazer o localizador após esse início do esquema dos aprimoramentos/pontos de bravura, e depois de 2 wipes no Arquimonde, chutei o pau da barraca e saí da raide, primeiro por fazer o dobro de DPS do segundo colocado, e segundo pois, com 2 wipes por conta de ter “tanques de papel” no grupo, vi que os 150 pontos de bravura que vou deixar de ganhar nem será um prejuízo considerável para ter bravura e melhorar equipamentos diversos que posso pegar nas próximas semanas.

Nesta semana devo focar mais nas masmorras míticas. Lá que eu ando me surpreendendo, com a sorte no loot de diversos equipamentos (um colar 715 com slot é quase BiS, fora o cinto 720 que deixei 730) então provavelmente vou tentar as masmorras mais algumas semanas, pra tentar maximizar melhor os equipamentos e ter mais chances de conseguir matar o Arquimonde no heróico. A maioria já tem a kill lá e tem diversos grupos já com progressão mítica, mas para quem não é tão hardcore ou habilidoso, o heróico já será um bom avanço, ainda mais neste final da expansão.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game