World of Warcraft - Selfie Hunter Caçadora - Com equip das Terras do Fogo


Em “World of Warcraft“, nas últimas 3 semanas observei que a moeda extra (o Selo do Destino Temperado) funcionou apenas 1 vez por semana, reservando surpresas interessantes e que sempre incentivam os testes com a classe “Domínio das Feras” nos caçadores. Ou vem o “Manto dos Segredos Descobertos” (que se tornou uma alternativa viável com o boost de 5 ilvs na época), ou vem a “Coroa de Couro de Gronn“, que se tornou mais potente com o “Forjado pra Guerra“, tendo um item 691. Aliás, os equipamentos heróicos da Fundição da Rocha Negra se tornaram praticamente “Mítico” em comparação com os ítens mítico do Malho Imponente, agora classificado pelos jogadores como “conteúdo antigo” e pouco visado pelos cores mais hardcore.

Nos últimos dias tive um misto de satisfação e frustração. A luta do “Comeferro” na Fundição heróica rendeu, finalmente, o Estilhaço Explosivo Intacto, um dos anéis “BiS” (Best in Slot) para caçadores de Sobrevivência, tendo acerto crítico e golpes múltiplos. Como andei cedendo um anel equivalente da Dobraflamas uma vez (e eu nem dormi direito por alguns dias com a “burrada”) isso praticamente conserta o erro anterior, se tornando a melhor opção contra o anel “Sinete do Dreno da Magia” que eu tinha conseguido na missão de raide de guarnição (e que era de versão mítica do Malho). O anel do Malho pode se tornar a melhor opção para Domínio das Feras, mas ainda tem a questão do tier 17, esse ainda bem disputado nos pugs e cores.

Aliás, a moeda extra finalmente funcionou num dos chefes que eu queria: a Dobraflamas Ka’graz, que tem opção de dropar o torso do Tier, um anel (que também consegui Forjado pra Guerra, mas da versão normal), uma bota e uma luva. Sempre é uma loteria a moeda, já que você tem de dar sorte ao rolar, e dar sorte pra cair o item que você quer. Felizmente, veio o torso, mas da versão normal: a Túnica do Caçador de Rylaks, que está provendo habilidades excepcionais para as classes, mas que está sendo mais usado para Domínio das Feras. Pois cancelar o cooldown da Ira Bestial e usar ela novamente pode prover um DPS maior nas lutas.



Só que isso demanda mais testes. Testes. Testes. Testes. Mais testes. Testes que eu fui testando nas lutas da Fundição nos pugs.

Como eu tinha conseguido semanas antes o torso “Couraça dos Rugidos Eternos” no Hans’gar/Franzok heróico, tirar esse torso e usar o torso do Tier normal ainda não está sendo uma boa opção. A perda de DPS fica na casa dos 2 a 3 mil de DPS médio, pois é tirar um equipamento 685 e colocar um de 670. O tier só proverá ser a melhor opção quando arrumar a segunda peça, e e que ainda deve demorar um pouco. Como já tinha feito 7 das 10 lutas num dos cores que eu ando participando, tive de caçar um confronto com as Damas de Ferro pra ter sorte e pegar a luva. Como ainda uso a luva do Karrath heróico (Guantes do Espancamento Cruel, com ilv 670), a troca se torna mais vantajosa (mesmo a da versão normal) e assim poderia ter 2 peças e ativar a primeira habilidade do tier.

Comparação de equipamentos no WoW - Tiers de raide

No heróico, o confronto contra as Damas é insano, apesar de estar melhor nas mecânicas. Só que ir no barco se torna uma loteria, pois se você não conseguir executar as mecânicas nele e sabotar o barco, o barco irá obliterar a área das chefes, matando todo mundo na raide. No sábado tentei no heróico e não tive sucesso na empreitada. No domingo consegui um pug da versão normal, e o líder do grupo até comentou na descrição no mural: vamo fazer heróico mesmo, pois não quero me estressar no heróico. Como a maioria vai fazer as lutas pra pegar o tier, os outros equipamentos se tornam praticamente bônus.

Na versão normal da luta, elas são ainda insanas, apesar do dano ser menor. Depois de alguns wipes com 20 pessoas, o líder do grupo chamou mais 5 jogadores aleatórios (que tinham se inscrevido no mural) e conseguimos, finalmente, derrubar elas. No roll, teve umas 8 pessoas disputando a única peça de tier que dropou da minha classe (pois o token pode ser usado para 4 classes), e tem de ter muita sorte de conseguir um número elevado para sair de lá com a peça. Ou rolar a moeda, caso o jogador tenha uma consigo.

Por fim, decidi caçar pugs no Imperador Mar’gok (último chefe do Malho Imponente), para completar a progressão do meu personagem. Fui inicialmente na versão normal da luta, e por já estar com um ilv alto (cheguei a 680 nos últimos dias com o anel do Comeferro) eu conseguia ser invocado “automaticamente”. Já o confronto continua bem difícil pros grupos menores, pois quando se tem grupos normais fazendo o Imperador normal, a progressão desses grupos e de guildas é de cores “softcore”, sem ter progressão mais forte ou de jogadores que cortam o Malho para ir direto na Fundição. Isso por conta dos confrontos com o Kora’gh e do Imperador serem difíceis, e com isso os grupos optam por migrar pra Fundição para ter equipamentos melhores pros personagens, deixando de lado o Malho Imponente.

Chega a ser estranho bater na casa dos 26 a 30k de DPS e a maioria dos outros grupos fazendo de 16 a 19k na luta com os outros jogadores. Por estar acostumado a ver muitos jogadores acima de mim em dano, ficar entre os 3 primeiros nesse quesito é bem surreal. Para os grupos, claro, é um facilitador enorme ter alguém “batendo pra caramba”, deixando a luta mais fácil. E mesmo assim, wipes estava acontecendo com frequência, por conta da última parte ter de ficar separado dos outros jogadores. Com as bolas brancas saindo pela sala aleatoriamente, era praticamente “hit kill” se elas acertassem, dependendo do HP do personagem.

Tentei 2 grupos, mas apenas no segundo que consegui triunfar no confronto.O primeiro terminou precocemente por conta da alta quantidade de wipes na luta. Por serem batalhas cansativas, precisava dar um tempo e tentar novamente horas depois, e finalmente veio o término da progressão na dificuldade normal da raide.

Com isso, as próximas semanas reservarão mais confrontos com os mesmos chefes. Uma questão que muitos jogadores comentam e que não gostam do “World of Warcraft” é a repetição excessiva de lutas contra os mesmos chefes para conseguir equipamentos, se tornando maçante após algum tempo. A Blizzard normalmente insere novas raides no decorrer da expansão para ter mais novidades, mas dependendo da luta alguns chefes se tornam menos visados pelos jogadores que tenham progressão mais forte.

O Frondísporo, por exemplo, é uma luta que não pretendo mais fazer com pugs de heróico, já que como já arrumei o arco (que acabei trocando pela versão do estágio 4 do Retalhador de Ferro do Selvagem, com ilv 675), não compensa todo o estresse que tem na luta, ainda mais usando o lança-chamas. Fora que é uma pessoa a menos para disputar loot, dando mais chance para outros jogadores que tenham começado a progressão recentemente (ainda mais com o arco).

E como não consigo ver por enquanto a participação nos confrontos mais difíceis da Fundição da Rocha Negra, então o jeito é continuar fazendo lutas mais cadenciadas e uma progressão mais lenta, tentando arrumar grupos em confrontos de tier heróico (como a Dobraflamas e o Kromog, que são os mais comuns) para então conseguir mais peças do tier, ter ganho de DPS e tentar arrumar confrontos mais fortes.

Também está chegando perto a hora de conseguir o próximo anél lendário, que se tornou 715 após a mudança de “item levels” da Fundição. Pelos meus cálculos, na próxima semana já terei juntado as 170 runas necessárias para fazer a terceira Tabuleta Elemental. Acho bem improvável de conseguir essa quantidade essa semana, mesmo com a disponibilidade do confronto com o “Mão Negra” no raid finder, o chefe final da Fundição da Rocha Negra. Estou bem ansioso para ver o confronto com o chefe, mesmo na dificuldade “mais fácil” da raide. Como é difícil encontrar grupos que aceitam convidar marinheiros de primeira viagem nos modos normal/heróico, o jeito é fazer pelo raid finder mesmo por enquanto, até os cores que ando participando chegarem na luta.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game