Fortnite The Flash Banner


Com a vinda das skins do Ryu, a Chun-Li e recentemente da Ripley e do Xenomorfo (do famoso clássico Alien: O Oitavo Passageiro) a Epic Games conseguiu um feito incrível na temporada atual de Fortnite. O “Ponto Zero”, usando de enredo as diversas realidades, trouxeram possibilidades até então inéditas com a vinda das skins de games e cultura pop.

Personagens como Kratos e Master Chief na mesma partida, algo impensável anos atrás, mostra que as empresas deixaram de lado “parte” da rivalidade em prol dos jogadores. E isso se torna um sucesso de faturamento, já que os jogadores fiéis vão comprar as skins para ter elas em suas coleções, além de alguns item além, comentando nas redes sociais e produzindo conteúdo.

O battle royale da Epic games se tornou um sucesso na indústria e no desenvolvimento de jogos e se tornou um dos principais faturamentos da produtora junto com a Unreal Engine. Com um estilo bem colorido e chamativo, uma jogabilidade que foi refinada com o passar dos anos e disponibilidade em dezenas de plataformas, o Fortnite fatura milhões de dólares todos os meses, tentando sempre ir além. Modos de jogo diferentes, o passe de batalha sempre com novas skins e experimentos ingame criados em conjunto com a comunidade.



Ou mesmo aliar com a cultura pop: já tivemos, por exemplo, exibição de um trecho de Star Wars dentro do jogo, ou mesmo o evento de final de temporada envolvendo o Galactus, que só esteve disponível 1 vez. Quem jogou, jogou, quem não jogou só poderá ver em vídeos nas redes sociais. Nem tudo são flores, mas os jogadores meio que acabam se acostumando.

Além disso, nos esports o título está crescendo, com torneios regulares com transmissão online, além das disputas ingame entre os jogadores. Novos talentos surgem todos os dias e diversos jogadores experientes e habilidosos podem conseguir vencer os torneios, com premiação em dinheiro. Além disso, a Epic também promove um “acesso antecipado” das novas skins, sempre envolvendo um torneio dias antes. A skin do The Flash, por exemplo, teve isso e dias depois ela chegou na Item Shop.

Para a indústria, não existe uma fórmula mágica, mas diversos desenvolvedores sempre tentam inovar. De acordo com um artigo publicado na Betway, site de apostas em eSports, o setor de games está aos poucos consolidando algumas fórmulas de sucesso  que vêm provando seu valor repetidas vezes na última década. Diversão, interatividade, conectividade e mesmo investimentos das empresas são alguns dos fatores que levam um jogo ao sucesso.

Fortnite Chapéuzinha 01

Claro que, apesar do Fortnite ser gigante, a Epic não pode deixar a peteca cair com conteúdos novos, pois os jogadores sempre estão em busca de novas experiências e jogos, principalmente quando são gratuitos. Ou até mesmo os pagos, com alguns títulos que conseguem muito sucesso, como o Among Us (que é bem mais simples), o recente Valheim e até mesmo o Free Fire, concorrente direto do Fortnite e que roda em celulares mais modestos.

A sexta temporada de Fortnite irá estrear ainda este mês e muitos aguardam ansiosamente pelas novidades. o que será que a Epic Games irá trazer aos jogadores ? Vamos esperar pra ver!

Fortnite - Jogando com a skin Adorável