Um pouco antes da virada de ano novo eu decidi fazer novos testes com a Twitch Studio, e decidi começar o Darksiders Genesis, que eu comprei em dezembro. Com um preço acessível no Steam, decidi ver como é o jogo que, apesar de ter uma visão isométrica similar ao da franquia Diablo, o jogo não tem essa pegada em sua progressão e jogabilidade. Basicamente você tem um jogo de ação hask-slash, onde você vai enfrentando inimigos nas fases, além de fazer outras coisas como pular plataformas, escalar certos pontos, etc.

No jogo, temos os protagonistas Guerra (do primeiro jogo) e Conflito, este inédito na série e o quarto cavaleiro do apocalipse. A diferença de jogabilidade é evidente, com o Conflito mais rápido e atacando à distância com as suas armas de fogo, e Guerra usando golpes melee, com a sua enorme espada.

Não cheguei a avançar muito no título (ainda quero ver como que funciona melhor a parte de compra de itens, habilidades , etc), mas gravei uma live com a Twitch Studio. Até que o vídeo ficou relativamente mais colorido do que eu pensei que ficaria, e curti o resultado e a qualidade. Eu estou usando a GeForce RTX 2070 e na Twitch Studio eu setei o codificador NVENC, transmitindo em 1080p.



A trilha sonora do game é muito boa e pelo menos o jogo está com legendas em português (além de descrição nos menus e itens). A parte ruim do Darksiders Genesis é que o jogo não tem um matchmaking online, e plataformas online, como o Steam, não ajudam muito em encontrar mais brasileiros jogando na plataforma pra formar grupos de co-op. Vou acabar fazendo a progressão inteira sozinho.

Darksiders Genesis Screenshot 01






Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game