Keep Your Hands Off Eizouken! é uma das estreias de janeiro na Crunchyroll, e que esteve cercado de polêmicas por conta da declaração de um Youtuber nas redes sociais. Ele chegou a criticar os traços dos personagens, mas acho que é tudo mais uma questão de gosto, e tem gente que também curte animes que tenham artes diferentes nos traços (já que em muitos animes a gente acaba vendo muitos protagonistas parecidos, principalmente com corte de cabelo). Uma coisa é comentar da decisão de um traço ou o estilo de um mangaká, outra é criticar (com razão) as animações da temporada atual de Nanatsu no Taizai.

Mas acho que o maior charme de Keep Your Hands Off Eizouken! é mostrar um lado que a gente sempre vivenciava quando criança (e ainda vivenciamos isso como adultos, de certa forma) de transformar a imaginação de uma história em algo palpável.

Este primeiro episódio traz as aventuras de Midori Asakusa, que, ao assistir um anime que ela gostava muito, decide que quer entrar para a profissão de criação de animes, e ela sempre rabiscava artes conceituais em um sketch book, com muitos cenários e ideias. Ela tentou ir em uma exibição de um anime na cidade com a amiga Sayaka Kanamori, e na sala do cinema acabou topando com Tsubame Mizusaki, filha de atores famosos e que estava fugindo de alguns subordinados dos pais, e ao ajudá-la a fugir do encalço deles, Asakusa descobre que Mizusaki também quer seguir carreira, mas ela tem mais familiaridade com a criação de personagens e anatomia.



As duas percebem que podem unir forças pra criar uma história e Kanamori enxerga também uma oportunidade de tentar lucrar com isso e decide ajudá-las. Mas acho que a melhor parte fica pro final e é algo que deve ser recorrente dos episódios e do mangá: elas vivenciarem a história mostrando traços de um sketch-book mesmo, mostrando o contraste delas com os desenhos ganhando vida própria, ao construir um veículo de vôo.

Keep Your Hands Off Eizouken

Só no final mesmo do episódio que deu pra perceber que elas praticamente estiveram dentro dos rabiscos pra animação ganhar vida, e de uma maneira diferente do que poderia ser se alguém apenas lesse uma sinopse similar, e achei bem interessante de vivenciar as aventuras, algo que a gente meio que já faz ao jogar um videogame.

Aliás, até que seria interessante uma premissa de um jogo baseado no anime e no mangá.

Por enquanto tem apenas o primeiro episódio na Crunchyroll, disponível para assinantes premium, e vou acompanhar o anime! Vale a pena dar uma conferida, ainda mais pra quem curte estilos diferentes e traços dos personagens.

Keep Your Hands Off Eizouken - Poster com as protagonistas do anime
Keep Your Hands Off Eizouken - Sketchs