É raro eu dedicar um post pra vocês lerem (normalmente eu comento mais as notícias de outros blogs), mas este é bem interessante e serve também como um alerta:

[Kotaku] Eu continuei jogando – o preço do meu vício em games

É claro que se eu for me analisar, hoje eu não jogo tanto assim. Tenho um emprego, mesmo sendo na frente do computador, e não fico caçando as coisas durante o expediente. E antigamente eu era bem mais viciado em games. É claro que na época de ouro a gente não tinha muitas preocupações com contas e responsabilidades, mas a gente cresce e as coisas mudam. Hoje tenho responsabilidades maiores, como ajudar nas despesas da casa, e nem sempre estou jogando. Até joguei hoje mas foi por meia hora, o que não é muita coisa, mas foi o suficiente. E não jogo games online, já que eu precisaria dispender muito tempo e grana, e o passo pra viciar muito está justamente nesse gênero, talvez o que mais “vicia” os jogadores.



E sempre bom a gente dar uma paradinha de vez em quando, pra não perder o controle. Mesmo aqueles que ganham a vida com games (como os jornalistas e blogueiros profissionais de grandes blogs) não ficam o tempo todo jogando games e esquecendo da vida. É claro que hoje eu mal saio de casa (sim, estou confessando publicamente), mas é porquê eu quero ter uma situação financeira mais confortável. E pra eu conseguir isso terei de estudar, o que estou fazendo aos poucos, e com isso eu fico às vezes recluso em casa pra fazer isso. Também uso o meu tempo em casa pra descansar, já que o meu emprego é, como a maioria, cansativo e estressante mentalmente.

E você? Já passou por isso? Está numa situação melhor? Comente nos comentários!







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game