(Segundo capítulo de Mercenários de Eveline. Confira o primeiro clicando aqui)

– Só pode ser brincadeira… – comentou ela após levar um golpe do ogro, mandando-a direto na parede de uma das casas da ruela.

– Elfa…você está bem ? – comentou a mendiga cega, que foi em sua direção



– Você realmente não enxerga ? Ou essa faixa no rosto é só…

– Eu apenas sei onde está as outras pessoas…apenas sei…

– Nielle

– Oi ?

– Meu nome…

– Ah….ok, eu sou Cassandra

O ogro foi na direção das duas para desferir um novo golpe, mas começou a parar…cordas surgiram do nada e o amarraram. As cordas continuaram crescendo e enrolaram em um pilar perto de outra casa…

– De onde vieram isso… – Nielle olha para Cassandra e percebe que uma das mãos estava levantava, mexendo os dedos como se estivesse tocando algo no ar…tecendo uma corda.

– Não sei se vou conseguir prender ele por muito tempo.

O ogro começa a fazer força e gritar. Ele consegue se soltar das cordas.

– Primeira missão.

Nielle saca o arco do vendedor e atira a primeira flecha na direção do rosto do ogro, mas ela se quebra ao tocar no rosto.

– Isso que dá não ter dinheiro e comprar flechas baratas….obrigado deuses!!!

O ogro se solta e dá outro golpe. Nielle desvia do primeiro. Ele tenta um golpe de volta, e ela desvia novamente. Mais cordas surgem e amarram o braço do ogro, parando o movimento no ar

– Melhor tentar o pescoço!!! – gritou Cassandra

Nielle saca outra flecha e atira. Ela atinge o pescoço e se quebra novamente.

– Parece que não adiantou muito!!!

O ogro consegue arrebentar a corda e desfere um golpe bem em sua direção, e Nielle se afasta. Ele tenta outro e surge uma parede de vidro entre eles, que impede o golpe e a força do impacto empurrou o ogro para trás.

– Melhor tentar o olho – pensou Nielle, que desfere mais uma flecha.

O urro do ogro cortou o ar em desespero, sinalizando que ela conseguiu o seu objetivo. Um olho a menos. Ela decide tentar de novo, mas ele consegue se defender, desviando a cabeça bem na hora. Ela saca outra flecha e percebe algo diferente…ela brilhava

– Encantei as flechas…acho que devem funcionar!!! Atire nele! – grito Cassandra, que continua afastada e mexendo os dedos no ar

O tiro funcionou e perfurou a mão do ogro, que começou a correr na direção de Nielle. Foi tão súbito que ela só teve tempo de pular, usando o ogro de trampolim. Ela faz uma cambalhota no ar e atira outra flecha na direção das costas, perfurando a pele dele. Ao cair, ela atira mais 2 flechas na direção da cabeça, mas elas se quebram.

– Putz!!!

O ogro pega um barril com as mãos e arremessa na direção de Cassandra, que recebe o impacto diretamente e fica desacordada. Ele começa a ir na direção dela

– Putz!!!

Só tinha mais 3 flechas, e ela atira nas pernas do ogro. Elas perfuram a pele dele, mas não conseguem atravessar. O ogro vira na direção de Nielle e pega outro barril que estava próximo, arremessando na direção da elfa. Ela desvia.

– Não vai ter jeito…terei de usar isso

Ela saca uma adaga que estava na bota e corre na direção do ogro, saltando e tentando acertar o olho. O ogro pega ela no ar e joga ela longe, na direção de uma parede, quebrando a sua armadura. Com o impacto, o outro arco antigo se quebra, junto com a aljava. O impacto foi bem forte que quase deixa Nielle desacordada.

O ogro caminha em sua direção, pega ela novamente e a arremessa novamente, agora na direção de Cassandra. No reflexo, ela consegue segurar em uma das cordas de Cassandra que estavam penduradas no pilar. Ela cai e fica em pé, sem conseguir focalizar direito o ogro, que começa a caminhar.

– Ele cansou…mas não sei se vou conseguir impedí-lo…

– Você não precisa de uma flecha… – Nielle escuta um sussurro – Você não precisa de uma arma…

Nielle começa a se lembrar da época que era criança, dos treinos com o arco… e dela sorrir para outra criança que estava treinando junto…sorrindo

– Irmã…sinto tanta a sua falta

A visão volta a ficar perfeita e ela entende o que precisa fazer.

Nielle levanta o braço esquerdo e começa a mexer os dedos no ar. Nesse momento surge uma runa prateada. As linhas das runas começam a convergir, com a forma de um arco de luz. Ela pega o arco e com a mão direita forma uma flecha prateada.

O ogro começa a correr na direção dela. Nielle sabe que pode não ter outra chance.

– Só preciso de um tiro… – ela se concentrou, e então uma aura prateada começa a cobrir o seu corpo.

– Uma ascensão… – comentou Cassandra, que recobrou a consciência

As roupas de Nielle mudaram e o vestido surrado e com partes rasgadas começa a se consertar. As mangas, antes com tamanhos diferentes, ficam do mesmo tamanho. E a armadura, que estava quebrada, é consertada, junto com a aljava.

Nielle atira na direção da cabeça do ogro com a flecha de energia. O tiro perfurou a cabeça do ogro, que cambaleia e cai para frente. Por pouco não atinge ela.

– Uma primeira missão – comentou Nielle antes de cair desacordada no meio da rua.







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game