Três anos, desde que o acesso ao beta no PS4 me conquistou. E com a versão oficial de Overwatch, de vez em quando eu jogava nas primeira semanas. Lembro de uma vez que um amigo me comentou “olha, você deveria treinar mais com o Reinhardt por você ser bom com ele”. Joguei um pouco e continuei jogando, mas foi um único troféu da Mercy que mudou tudo.

Três anos, e uma boa ressurreição. Desde então ela foi um dos meus Mains, junto com o Junkrat. O Modo arcade divertido, as situações inusitadas nas partidas, a comunidade sempre unida, com vídeos, fanarts, cosplays, highlights. As vezes que conseguir carregar uma equipe inteira com diversos personagens. As surras que eu levava algumas vezes. É um jogo de videogame, faz parte!

Esses dias mesmo vi uma thread no Reddit com os jogadores dançando com as skins da Mercy, Ashe e Brigitte, que sempre vale a pena dar uma olhada. Dê play aí!



Nas últimas semanas até consegui platinar o jogo, conseguindo os troféus que faltavam. Praticamente maximizei minha jogabilidade com o Zenyatta, que eu mal jogava, mas precisava dominar ele pra garantir o troféu. O do Reaper até que foi na sorte, por ter conseguido alvejar 3 oponentes e soltar a ultimate. Ou mesmo o do Bastion, onde até consegui repetir a façanha de matar 4 oponentes com a ult, de maneira cadenciada.

570 horas de jogo e ainda ligo o game todos os dias. Só umas 2 partidinhas, pra desestressar e esquecer dos problemas. Aí eu acabo alongando um pouco mais. E foi assim por muito tempo e será assim por muito tempo, sempre na expectativa dos novos eventos, das novas skins e, quem sabe, eventos de história com co-op. Um novo jogo nos próximos anos, quem sabe?

Na semana passada tinha sido contactado pela Blizzard pra comentar mais sobre o FPS online e mandei a frase pra eles, e para minha surpresa eles divulgaram no Twitter oficial do game!!!

Acessível e divertido, em Overwatch você poderá sempre escolher os personagens que você mais curte e presenciar momentos épicos e ação frenética nas partidas, não importa o personagem e o modo de jogo. Não é a questão de vencer ou perder, e sim se divertir, interagir com outros jogadores.

Apesar de ter conseguido a platina no console, meu momento favorito foi a obtenção daquele troféu da Mercy, antes do nerf. Depois que a personagem teve mudanças (delay de 2 segundos pra terminar o ress, e do cooldown de 30 segundos, sendo que hoje dá pra counterar a habilidade por um oponente), ficou bem mais difícil, e hoje em dia, ao rever o vídeo, dá pra ver claramente que evolui ao jogar com ela. Comprei a arma/cajado dourada dela depois dessa obtenção.

Overwatch - Troféu da Mercy - Boa Ressurreição - Antes do Nerf

Vídeo recente, estreando a skin All-Stars:

Muito obrigado por esses 3 anos, Overwatch! E quem venham mais! Deixo aqui alguns highlights, e até mesmo teve um essa semana, com o Wecking Ball, no modo de Heróis Misteriosos. Fiquei me perguntando: qual foi a reação dos oponentes ao verem que eu peguei a jogada da partida (que aparece pra todo mundo no final do confronto) de uma maneira tão louca?