Até o momento o PlayStation 5 está no campo dos rumores e especulações, com algumas delas gerando bastante expectativa da comunidade. Por exemplo, nesta semana foi descoberto uma nova patente, que foi registrada em novembro de 2016 e atualizada em 02 de outubro de 2018. Segundo o UOL Jogos, a patente detalha a “remasterização de texturas de jogos antigos, substituindo-as “em tempo real” com versões atuais, mais adequadas para as televisões de hoje em dia.”

Não apenas nas texturas, mas também com áudio, sugerindo que o som será remasterizado junto com os gráficos.

Patente de Retromcompatibilidade do PlayStation

Imagem da patente, com parte do processo

Depois do sucesso do Xbox One no campo da retrocompatibilidade (que já passou de 500 jogos) a Sony pode estar interessada em adotar isso também no PS5, o seu próximo console (caso o nome continue seguindo a numeração), ou talvez adotar isso mesmo no PS4, talvez com os jogos do antigo PlayStation 2 (já que tem diversos games que funcionam no PS4, como alguns da Rockstar, desde o Bully e o Red Dead Revolver).

Só que ainda assim é bom ter o pé atrás já que, apesar dela ter cedido parte disso com o PS-Now (que agora permite o download de jogos do PS2 e do PS4 no console atual) certamente ela não quer dar um tiro no próprio pé e mirar no seu serviço de streaming, por conta do investimento na compra do antigo Gaikai e de estar adicionando jogos regulares por lá.

Como a Sony não fará a PlayStation Experience este ano, o jeito será esperar até a E3 de 2019 para saber se ela vai anunciar o PlayStation 5 ou não. Mas seria curioso se o novo console tivesse retrocompatibilidade com os aparelhos anteriores, ainda mais com o PS4, e assim os jogadores continuarem usufruindo dos games que eles já compraram até então. Mas também ela pode acabar usando essa patente pros jogos do PS-Now.



POSTS RELACIONADOS