Divinity - Original Sin - Index


Divinity: Original Sin - PC Screenshot 01

Se tem um game que eu não botaria fé nenhuma até pouco tempo atrás é o RPG Divinity: Original Sin. Com uma campanha bem-sucedida no Kickstarter, nos últimos meses jogo esteve no Steam Early Access, trazendo um RPG old-school isométrico e com quests onde o jogador tem de pensar pra conseguir resolver, sem ele “te levar na mãozinha”. Esta semana eles divulgaram um novo trailer, que você confere abaixo:



Segundo este post do Lucas Moura, do Hu3br (que também tem uma prévia bem interessante), eles irão lançar esta semana um editor de níveis bem poderoso, que irá incluir também um “Cow Simulator 2014”. Sim, um simulador de vacas, que permitirá com que até quatros jogadores joguem com vacas, lutem em uma arena ou completem quests. No Twitter eles até chegaram a sugerir isso esses dias:

Divinity Original Sin - Cow Simulator 2014

Lendo a prévia do Lucas e conversando com ele pelo Skype, ele comentou que o RPG é bem extenso, no mesmo molde que o Baldur’s Gate, e até o momento o jogo tem 25% disponível no Early Access. Alguns jogadores comentaram que tem players que já tem 60 horas de jogo, e provavelmente a versão final poderá ter de 200 a 300 horas de conteúdo! Outro detalhe bem maneiro é que um jogador poderá distrair um NPC enquanto que outro “bate a carteira dele”. Em outras quests o jogador não precisa nem sacar a arma, tendo de usar elementos do cenário para resolver, dando muitas opções e interação com o jogador.

Em momento algum eu precisei levantar a espada para combater algum mal, ou qualquer coisa. Eu apenas descobrir as pistas, pensei e cheguei a uma conclusão. Coisas assim são raras de se ver hoje em dia.

Tem uma quest que pode ser terminada de diferentes maneiras. Você tem que resolver um assassinato, e no alpha eu fiz de uma forma, conversando com uns caras e achando uma passagem secreta. No beta, na mesma quest eu encontrei um cachorro no cemitério onde o corpo estava. O jogo falou que parecia que ele queria me contar algo. Ao subir o meu personagem de nível, eu botei nele a habilidade de falar com os animais. Ele então chegou e contou tudo que aconteceu.

Claro que também terá quests e combates contra monstros, sendo que os combates são “turn-based” similar ao próprio Baldur’s Gate, Icewind Dale, e andar livremente nos mapas e durante as batalhas.

Já o modo online terá um modo cooperativo onde 2 jogadores poderão terminar a mesma estória juntos, promovendo “diálogos interessantes, já que no single player que testamos, podemos responder com variados tons dependendo do personagem.”

Por exemplo, enquanto o meu personagem masculino obedecia mais as ordens de um capitão, a minha outra personagem se perguntava mais se deveria ou não acatar com as mesmas.

É um sistema interessante que provê pontos para obediência, rebeldia, dentre outras estatísticas que bem futuramente poderão ser usadas para diálogos mais complexos.

Por eu sempre procurar o feijão com arroz básico dos RPGs clássicos (ou mesmo um Skyrim ou o Dark Souls, onde este último está mais para um game de ação com elementos de RPG e evolução) este Divinity: Original Sin está sendo bem convidativo, aliado ao estilo mais “isométrico” de ser. No momento ele está em Early Access, mas a previsão de lançamento é para o dia 30/06. Na próxima segunda-feira! O preço na Early Access está em R$ 69.99, mas provavelmente após o lançamento o game terá um incremento de valor, acompanhando o valor de US$ 39.99 (podendo chegar a 90 reais, ou ficar em R$ 84,99, o valor padrão de muitos jogos lançamento para PC). Abaixo tem mais algumas imagens oficiais:

Divinity: Original Sin - PC Screenshot 02

Divinity: Original Sin - PC Screenshot 03

Divinity: Original Sin - PC Screenshot 04

Divinity - Original Sin - Wallpaper Full HD - 1920x1080

Divinity - Original Sin - KeyArt