bulletstorm

Faltando pouco mais de 15 dias para o término da Plus europeia, o Bulletstorm se torna o principal game neste final de semana, por ter pegado na Plus de lá. Cheguei a jogar a demonstração antigamente, mas não tinha ficado muito animado. Na verdade nem estou tão animado em jogar, ainda mais com o tanto de tarefas que eu tenho de fazer nos próximos dias. Queria que tivesse chegado o Assassin’s Creed III, mas ainda tenho de continuar esperando. Talvez eu adiante a minha vida no Assassin’s Creed: Revelations, que cheguei a recomeçar esses dias, para não ficar boiando muito no enredo do 3. Um amigo meu mesmo disse que no começo do terceiro jogo é citado o enredo anterior da série, mas é interessante eu completar e poder falar com mais propriedade da série por aqui.

Também tem o Sine Mora, que comprei na PSN Store esta semana e que joguei pouco mais de 1 hora de jogo. E terei de recomeçar a jogatina, pois eu achei o enredo muito confuso, mesmo o game estar com tradução para o português. Também foi o primeiro jogo na vida que eu tive de “colocar o som no mudo” para eu entender o enredo inicial, isso quando apareceu um texto enorme na tela e a voz de fundo em japonês. Quando é em inglês e a mensagem está em inglês, é até mais fácil conseguir acompanhar as vozes com o texto, mesmo eu não adquirindo uma ideia geral por conta das deficiências atuais no idioma, mas quando é em outro idioma eu descobri que posso ter dificuldades. Ou acaba sendo uma exceção à regra, pois não tenho problemas com filmes e com alguns jogos com legendas.



need for speed most wanted

Correndo por fora, esta semana chegou a minha cópia do Need For Speed: Most Wanted! Antes eu tinha pegado emprestado e agora tenho mais segurança e menos pressa para jogar o melhor game de corridas de 2012! Eu cheguei a completar no final de semana anterior o single-player, ganhando todos os carros “Most Wanted” e ter feito quase todos os troféus, eu tenho ainda de procurar todos os outdoors, as cercas e as localizações dos carros. Talvez eu vá um pouco pro multiplayer apenas para jogar “sem compromisso”. Também irei marcar outro MMNB, e só to esperando a postagem do relato do primeiro evento. Por não ter anotado os principais acontecimentos o post vai ficar meio curto, mas quero publicar assim mesmo.

Ou eu posso continuar o Skyrim, e fico na dúvida: continuo o enredo principal ou tento resolver as 12 sidequests que eu andei acumulando nas últimas 40 horas de jogo. Em matéria de “arrumar tarefas pro jogador” o game é perfeito, pois apenas o fato de iniciar uma conversa sem compromisso com alguém gera outra quest, dependendo da pessoa. Outro detalhe curioso é completar uma quest do nada, por ela estar na lista, mas que eu não tinha interesse em tentar fazer agora. E agora, com uma TV Full HD que eu vi mesmo que o jogo não é tão bonito quanto eu achava que era quando eu jogava numa TV comum (lembrando que eu jogo no Playstation 3). Os cenários são grandiosos e impressionantes, mas achei a palheta do game meio “cinza e marrom demais”, mas talvez pode ser só impressão momentânea e uma reclamação sem fundamento. Vou jogar mais para poder avaliar melhor.

E você? Vai jogar algo neste final de semana? Deixe o seu comentário!







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game





Paganini Mixer