wildstar online


Wildstar Online - Spellslinger Class Screenshot

Um final de semana meio atípico, pois, apesar de ter dezenas de opções de games, provavelmente não jogarei quase nada. Depois de ter terminado o Dark Souls II eu fiquei sem motivação em caçar outros troféus ou mesmo iniciar a segunda progressão, que estará mais difícil e terá novos desafios. Se eu jogar eu devo focar no co-op pra juntar 30 “moedas de sol” e trocar no altar da covenant Heirs of The Sun e pegar o troféu de covenants. Aí devo partir pro PvP pesado na covenant Bell Keeper, mas apenas depois de tentar concluir a área de chefes do mapa Belfry Luna. Quem passou por lá sabe a pedreira que é!

A segunda opção deste final de semana é o Wildstar. Joguei um pouco ontem e fiquei um pouco desapontado. Primeiro que esta versão beta não tem legendas nas cutscenes, e apesar do visual ser muito maneiro, os braços do meu personagem são feios demais, fora que ficou meio desproporcional. Não sei se isso é por conta da direção de arte da raça (Exile Human… HUMANO, HUMANO pow!), mas vou tentar ignorar esse detalhe. Também cheguei a criar uma personagem feminina pra seguir a tendência de muitos jogos do gênero onde dá pra escolher o sexo, mas aí acabei desistindo da ideia, tanto por ser um beta de um MMO, quanto pra usar o meu nome real num game do gênero (e não me esconder atrás de um avatar só atrás de vantagens competitivas). No Guild Wars 2, quando vi que muitos jogadores usam nicks mais genéricos sem se importar com a aparência (exemplo chamar uma moça de Stormkiller) eu meio que me arrependi de ter escolhido um nick feminino em uma personagem do sexo feminino (nos games uso o nick de Nielle, em homenagem a elfa da HQ nacional Holy Avenger).



Wildstar Online - Woman Goku Screenshot

Wildstar Online - Woman Goku Screenshot

Dá pra criar uma versão feminina do Goku no Wildstar!

A terceira opção deste final de semana é o já citado Guild Wars 2, fazendo alguma das Fractals of The Mists ou mesmo um PvP pra passar o tempo. Depois que acabou o “Living World da Scarlet”, parece que vai demorar pra ter novos eventos de estória. A Arenanet está prometendo diversos updates de jogabilidade, com mudanças nas traits (uma espécie de árvore de talentos das traits) e mudanças em alguns elementos de mecânicas de cada classe. Pelo que eu entendi, eles querem incentivar os jogadores a fazerem determinadas progressões nos mapas, enfrentando determinados inimigos e situações para destravar algumas das “linhas de talentos” presentes no personagem. De certa forma eles tem razão em incentivar, já que quando eu atingi o nível 80 com 2 personagens eu meio que parei de fazer exploração e parei a progressão de single-player do enredo básico. Como os eventos de Living World ocupam bastante o tempo do jogador e são temporários, muitos ignoram o restante do MMO, fora outros elementos como o World vs World e o PvP básico. Acho que uma maneira legal de incentivar os jogadores a explorarem mais o mundo seria inserir prêmios melhores para completar, como armas/equipamentos exóticos e ascended, que são os tipos de equipamentos mais raros e poderosos do jogo (e no final da árvore tem as armas lendárias, mais difíceis de conseguir).

Correndo por fora, tem estudos para um concurso público, que ando devendo pra mim mesmo, e está batendo na porta praticamente!

E você? Está jogando algum game neste final de semana? Deixe o seu comentário!







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game