Destiny - Strike Mode - Sepiks Prime Boss Index


Destiny - Strike Mode - Sepiks Prime Boss

Na minha história recente envolvendo os videogames, alguns jogos top chegaram ao fim de sua vida útil. Candy Crush Saga, por exemplo (que de top não tem nada) foi o primeiro da lista dos “Jogadores Anônimos”, onde eu consegui remover o aplicativo do meu celular, pois o jogo é um autêntico caça-níqueis. Para o Guild Wars 2 a Arenanet fez esse favor pra mim, onde eles eliminaram os eventos temporários com conquistas temporárias, e com isso eu sempre posso “deixar este evento de enredo pra depois”, adiando as progressões indefinidamente. Em Diablo III no PS3 teve um amigo meu que me arrumou equipamentos top, e com isso a minha busca pela platina se encerrou mais cedo, por conta da desmotivação em não ter mais desafio no jogo. Talvez eu pense em tentar platinar mesmo assim, comendo mais algumas dezenas de horas.

Já o Destiny, bom, o Destiny é um caso peculiar. Já fiz praticamente tudo que o jogo oferece, mas ainda tem a raide maluca deles. E pra ir na raide e ter competitividade eu teria de estar no nível 26. Mas pra chegar no nível 26 eu terei de farmar Filamentos de Hélio na Lua, uma atividade bem maçante, isso se for ajudar a avançar nos níveis de Luz que o jogo sugere. E pra ter atividades maçantes de farming eu posso tentar ir nos assaltos ou fazer as missões diárias. Mas aí vem a ralação dessas missões, já que morrer na última parte chega a ser bem tenso, ainda mais quando botei, esses dias, o multiplicador de level 24 em uma missão diária de level 20 que teve na Terra, na missão “A Mente Bélica”. Será que eu to virando um jogador leite com pera? Chega a ser vergonha admitir isso, por conta de ter no meu currículo a platina suada de Dark Souls II (aliás, nem suada é, já que o primeiro jogo é mais hardcore!), que me tomou 140 horas do meu tempo livre antigamente.



Mas eu ainda continuo jogando Destiny, aquele vício! Eu vou na Torre, fico vasculhando a listagem de pessoas lá e tentando encontrar alguém com sistema de esquadrão liberado pra entrar no esquadrão de um desconhecido e quem sabe ele ir numa missão semanal, pois essa semana temos o Assalto do Sepiks Prime, a mais fácil de todas! Mesmo em levels altíssimos, essa missão aparenta ser mais tranquila, e ter pelo menos 3 jogadores com níveis elevados não deve ser difícil fazer o assalto com level 28. Pois os outros…bem, a ralação é pura! O assalto do Arconte badass hardcore filho-da-mãe teve um combate épico e meio vergonhoso ontem quando só tava eu e um outro jogador persistente, pois quando ele morria eu partia para a entrada da localidade e pulava lá pra cima, pra esperar o cara dar respawn. Afinal de contas, bancar o herói nessa hora e morrer na tentativa chega a ser complicado por conta de ter de recomeçar a enfrentar o chefe. Aí sim que iria chorar de raiva!

Mas enfim, vou continuar jogando ele de jogo principal. Talvez eu desencane e fique o final de semana dormindo, pra descansar da Brasil Game Show 2014 (que, aliás, ainda falta alguns posts sobre o evento). Ou vou acabar começando a jogar o Naruto: Ultimate Ninja Storm Revolution, que tenho aqui pra jogar e analisar. Vamos ver.

E você? Vai jogar algum game neste final de semana? Deixe o seu comentário!







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game