World of Warcraft - Warlords of Draenor - Portal Negro - Index


World of Warcraft - Warlords of Draenor - Portal Negro

Problemas everywhere. Assassin’s Creed: Unity vs World of Warcraft. A preferência deste final de semana estará nestes 2 games, que anda sofrendo com problemas de ataques de crackers (no caso do World of Warcraft) e bugs diversos (AC Unity). Aliás, eu ainda estou pasmo de estar conseguindo jogar o Unity no meu PC “furreca”. Se o meu PC consegue rodar games como o Call of Duty: Advanced Warfare e Evolve satisfatoriamente (talvez por conta de jogar em resolução HD, jogando as configs em Alta e Ultra, dependendo do jogo) então o Unity também rodaria, mas quando a Ubisoft divulgou as configurações mínimas eu chorei de tristeza, por conta de ter uma placa de vídeo abaixo da configuração mínima. Aí esta semana um amigo meu conseguiu arrumar o jogo pra mim na UPlay e com isso decidi ver “qualé”. E não é que o game rodou sem muitos problemas?

Aliás, o jogo impressiona. Muitos, mas muitos NPCs na rua de Paris. Uma jogabilidade de parkour que alterna entre “mais fluída” com “um pouco problemática” para eu entrar nas janelas de certas casas. Também ando um pouco confuso por conta de usar o Dual Shock 3/Sixaxis com o MotionInJoy, e nunca decoro direito os comandos do controle com as indicações da tela, que usam a configuração do Xbox 360. Só durante a progressão que eu tive alguns problemas: após o capítulo 2 o jogo ficou numa tela preta bizarra, e apenas depois que eu dei um repair que ele baixou 2 arquivos que tinham ficado corrompidos. Aí sim que consegui continuar a progressão, e ficaria meio chateado se eu não conseguisse continuar.



Já o maior problema está na questão da resolução do PC. Eu uso 1280×1024 com um monitor antigo de 17 polegadas. O monitor sempre me serviu muito bem e no momento eu protelo a compra de um novo. Por não ter tido sucesso em ligar o PC na TV, então um monitor maior é uma ótima alternativa, mas enquanto isso não acontece, o jeito é continuar com o anterior, e o game acaba pecando nesse ponto. O jogo tem diversas opções de resolução, mas como a mais imersiva é na com “tela cheia”, o jogo acaba “esticando um pouco” o visual do jogo. Para não ter esses problemas eu teria de jogar em resolução HD (1280×720) ou em opções mais estranhas, como 1280×800, e sem tela cheia. No Splinter Cell: Conviction, pelo que me lembro, apareceram as faixas pretas em cima e em baixo, não tendo muitos problemas nesse ponto.

Abaixo, para efeito de comparação, tem algumas screenshots que capturei pela UPlay. As primeiras são em 1280×1024, que acabaram “esticadas”:

1276 x 720:

Assassin’s Creed: Unity teve um novo patch ontem para corrigir problemas, e eles estão correndo contra o tempo para corrigir mais problemas no jogo. No PC isso ficou bem mais em evidência, e tirando o problema das telas pretas e da resolução zoada, estou achando o game razoável. Ele até tem um sistema de conquistas, mas como estou usando uma conta secundária da UPlay, então provavelmente eu nem devo focar em realizar esta listagem de conquistas. Vou acabar focando bem mais na progressão single-player.

Já no World of Warcraft eu já estou aproveitando o conteúdo da nova expansão. A Blizzard me enviou uma key a expansão para análise, e foi a única maneira de realmente ter voltado ao jogo, pois não ficaria muito animado em fazer as coisas preso ao nível 90, por conta de não conseguir comprar a expansão neste momento por questões financeiras. É a primeira vez que acompanho a Warlords of Draenor desde o começo, onde tive desde questões referentes ao leveling da expansão e momentos sem conexão com o jogo. Ontem o jogo ficou inacessível a maior parte do dia (por conta de ataques aos servidores) e deste às 09h00 da manhã de hoje o game está em uma manutenção, tendo 6 horas para a Blizzard aplicar as correções que os jogadores foram descobrindo com a expansão já no ar.

Do conteúdo novo, eu achei que iria passar pelas Garrisons (Guarnições) sem mexer nelas, por achar o sistema “teoricamente difícil”, mas não é que uma das melhores partes é justamente ela? A Blizzard conseguiu um feito notável: setar uma nova “casa” do jogador em Draenor (poupando tempo de deslocamento), tendo tarefas extras. Durante a progressão nas quests iniciais do Warlords você acaba construindo uma guarnição (que tá mais para uma fortaleza) e consegue alguns seguidores, podendo enviar eles em missões, onde eles vão evoluindo e conseguem itens extras pro jogador. Aí eu sempre estou voltando pra guarnição, para definir novas missões pra eles, já que o jogo avisa quando as missões atuais acabam. A Blizzard consegue aliar a facilidade de jogabilidade com um sistema que é simples, mas também pode ser complexo quando você estiver mais evoluído. Só queria que tivesse mais masmorras iniciais pros primeiros níveis, mas acho que no level 92 deve ser adicionado uma nova masmorra para ir. Para quem fez muito os dungeon finders, eles decidiram dificultar um pouco pros jogadores fazerem as quests normais de Draenor. Ah, já tem gente no level 100, mas pra quem não tem pressa, o jogo promete ter conteúdo por meses. Fora o conteúdo anterior do Mists, que eu acabei pulando, mas ainda terá raides e quests para fazer, caso eu volte a jogar de maneira hardcore.

Aliás, durante essa progressão eu tinha conseguido ir num “Cenário” quando estava no level 90 (antes de começar a expansão) e durante uma batalha em Alto-Mar em cima de alguns navios, um tubarão que ronda as redondezas conseguiu pular em cima do navio, me matar e depois voltar para a água. Surrealidade define:

World of Warcraft - Warlords of Draenor - Tubarão Voador

O ruim é que hoje rolou manutenção programada, mas sem problemas. Nessas 6 horas irei fazer outras atividades, como adiantar trampos extras e quem sabe jogar um pouco o Assassin’s Creed Unity. E estudar pra concurso também.

E você? Vai jogar algum game neste final de semana? Deixe o seu comentário!







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game