Que ironia! A bomba da vez na indústria dos videogames aconteceu apenas 5 dias depois da E3: o Peter Moore, chefe da divisão de games da Microsoft, deixa o cargo e troca de empresa. Links:

Quem perdeu mais com isso foi a própria Microsoft. Durante algum tempo o nome dele foi sinônimo de Xbox. Toda vez que a gente via o nome dele, ou era ele alfinetando os concorrentes, ou ele falava alguma coisa importante. Fora que, pelo que eu percebia, um dos responsáveis pelo crescimento do Xbox pode ter sido a sua gestão.

Ele é uma celebridade desta indústria, e talvez um dos nomes mais conhecidos dos jogadores. A Microsoft perde, e quem ganha é a EA, que é a empresa que ele vai entrar dentro de algum tempo.