Paganini Mixer

Sony Playstation Brasil

Aconteceu agora pouco em São Paulo uma coletiva de imprensa da Sony, dando os detalhes oficiais da fabricação do Playstation 3 no Brasil. Como foi publicado anteriormente pelo UOL Jogos (e que comentamos também) o console começa a ser montado no Brasil e passa a ser vendido com redução de preço a partir de amanhã, dia 08 de maio. Custará R$1099 e em breve teremos o primeiro “Bundle Oficial” do console, tendo o PS3 com 250 GB e o God of War: Ascension por esse preço. No UOL Jogos foi comentado que o console será “montado” e não fabricado, tendo as peças sendo recebidas do exterior e tendo a montagem na Zona Franca de Manaus. Ainda assim o console já ganha alguns incentivos fiscais, barateando o produto oficial.

Segundo informações do Playstation.Blog, diversos Twitters e do Gamesfoda, a Sony também comentou que eles irão investir 300 milhões de reais aqui no Brasil e também querem ajudar a indústria nacional e os desenvolvedores indie, mas não deram ainda detalhes de como essa parte dos incentivos vai funcionar. Sobre o Playstation 4 a Sony anunciou que o console chegará simultaneamente por aqui com o lançamento nos EUA, mas em um primeiro momento não será montado. A Sony não divulgou preços e nem a data do novo console, e acredito que apenas na E3 eles irão divulgar mais informações. Eles também anunciaram que o Grand Theft Auto 5 virá com legendas em português e o The Last of Us terá dublagem, como aconteceu com o God of War: Ascension, o que será bem interessante para quem não tem fluência em inglês. Também fico na expectativa do Beyond Two Souls também vir com localização completa em português.



Sobre a Playstation Plus, eles tem interesse em trazer para o Brasil, mas ainda não tem previsão de quando que vão começar. Se o serviço sair ainda este ano será um milagre. E enquanto isso os donos de contas nacionais sofrem em não poder armazenar saves de jogos bloqueados na nuvem (já perdi saves de Dark Souls, Demons Souls e Killzone 2 com mais de 70 horas cada…). Já os preços dos games terão o mesmo preço atual e não terão redução, mas se for analisar bem, os valores nos lançamentos do Playstation 3 estão bem equivalentes ao preço que normalmente pagaríamos numa importação direta. Contando o frete, o Dark Souls que eu adquiri alguns anos atrás custou R$140 reais, e nesse ponto compensa comprar no Brasil para ter mais agilidade e rapidez na entrega. Só que eu acho salgado certos preços dos jogos do Vita, e eles deveriam custar mais barato.

A Sony também está em negociações com revendedores locais quanto à venda de cartões pré-pago de Playstation aqui no Brasil, mas não deram detalhes de quando que começarão a vender os cartões. Esse tipo de serviço já deveria estar funcionando por aqui, pois acredito que tem muitos jogadores que tem interesse de comprar conteúdo na Playstation Store brasileira mas não tem cartões de crédito internacionais, e a Sony estaria faturando mais dinheiro se ela vendesse os cartões por aqui. Já o serviço de streaming de músicas Music Unlimited também será inaugurado por aqui, mas eles não deram previsão. Acredito que a Sony já esteja em negociação com as gravadoras, o que não deve ser uma tarefa fácil, ainda mais no Brasil.

No mais, eu vi bastante reclamação dos jogadores quanto ao preço do console e que “na Santa Efigênia e similares” está bem mais barato. Como comentei antes um console nacional é mais interessante para dar mais segurança ao comprador, e vai de cada jogador. O preço é bem mais barato que a versão que comprei, e depois que vier o bundle com o God of War: Ascension, será uma opção bem interessante, mas acaba sendo meio estranha oferecer 2 versões pelo mesmo preço: acho que essa versão não será tão disponível quanto a versão normal, e acredito também que acaba sendo um incentivador maior para o consumidor comprar a versão oficial no lugar da versão do mercado cinza.

[Créditos da foto – Rafael Arbulu]