God of War III Remastered - PS4 Screenshot Full HD


Todo anúncio de um remake ou remaster é sempre a mesma coisa: jogadores que reclamam que estamos na geração dos remasters, sendo que eles ignoram os jogos novos que sempre saem, os lançamentos e etc. O anúncio de hoje do Final Fantasy XII : The Zodiac Age veio com muito hype e elogios da imprensa especializada e jogadores, por ser um dos melhores jogos da série, e pelo game ter ficado todo esse tempo no PS2. Certamente a Square-Enix fez uma experimentação de aceitação e remasters com o Final Fantasy X, e o custo para converter um game para a geração atual é bem menor do que fazer um jogo de um calibre do Final Fantasy XV.

Mas quando outras produtoras fazem, muita gente reclama. Principalmente a Capcom, que está fazendo remasters dos jogos da série Resident Evil, e o remake do segundo game da série.

Para as produtoras investirem tempo e recursos em remasters e remakes, é porquê vendem! Simples, a conta e o faturamento ajudam a financiar jogos novos para a geração atual. Indústria é negócios, business, as empresas querem continuar sobrevivendo, os desenvolvedores querem continuar trabalhando e vivendo. E são remasters que ajudam a financiar outros jogos, que são mais difíceis de fazer e que levam mais custos. Igual a Ubisoft, que estava fazendo 1 Assassin’s Creed por ano. Valiant Hearts e Child of Light são jogos altamente elogiados pelos jogadores, mas ninguém se lembra disso, como se o jogo fosse feito na camaradagem e sem custear o desenvolvimento ou marketing.



Para quem não tem mais os consoles antigos, é hora de retornar a um game muito querido, com visual gráfico de ponta, troféus/conquistas extras e diversão. Meu PS3 não está mais funcionando, e comecei a comprar no PS4 e no PC jogos que eu já tinha no console, mas que nunca aproveitei direito. Um remaster que compraria no lançamento? Demon’s Souls! Um Burnout Paradise poderia receber um tratamento igual e muitos migrariam pros novos consoles. Muitos jogadores ficaram felizes com o remaster do Call of Duty 4: Modern Warfare, talvez por conta da série não estar indo bem, ou talvez por quê hoje as mídias do jogo não funcionam direito mais no PS3, e os jogadores novos querem ver como eram os antigos jogos da série. Uma aposta arriscada da Activision e que deve render mais remasters da série, pra ela continuar faturando (já que certamente veremos nos próximos anos remasters do Modern Warfare 2, o 3 e talvez o World At War).

Demon's Souls - Nexus Statue Screenshot - PS3

Outro argumento dos jogadores é que “tem pouco jogo AAA pra muito remaster” Será mesmo? Vejamos os games mais elogiados e/ou que causaram mais burburinho que saíram nos consoles atuais nos últimos anos:

  • The Witcher 3: Wild Hunt
  • Dark Souls III
  • Metal Gear Solid V: The Phantom Pain
  • Fallout 4
  • Bloodborne
  • Uncharted 4
  • Rise of The Tomb Raider
  • Batman: Arkham Knight
  • Quantum Break
  • Rainbow Six: Siege
  • Dragon Age: Inquisition
  • Forza Horizon 2
  • Forza Motorsport 6
  • Project CARS
  • 2 Assassin’s Creed (o Syndicate veio bem elogiado pelos jogadores e imprensa especializda)
  • Far Cry Primal
  • The Division
  • Titanfall
  • Call of Duty: Black Ops III e o Advanced Warfare
  • Destiny

Sem contar o GTA V, que ganhou depois versões para os consoles da nova geração. Agora dos remasters, podemos citar o seguinte, dos principais:

  • DmC Devil May Cry
  • Resident Evil 0 e Resident Evil 1 HD
  • Resident Evil do 4 ao 6 (só o 6 está disponível até o momento).
  • Dark Souls II: Scholar of The First Sin
  • God of War 3 Remastered
  • Heavy Rain
  • BEYOND: Two Souls
  • Gears of War: Remastered
  • Uncharted Collection

Final Fantasy XII - PS4 Screenshot 01

Final Fantasy XII no PS4

Tem mais jogos novos do que remasters, sem contar alguns games menores que foram bem elogiados pela imprensa especializada e jogadores, como o Rocket League e o recente Superhot, que ganhou recentemente uma versão para o Xbox One). Mas como estamos na geração mimimi dos jogadores, claro que muitos vão reclamar. Mas reclamar do remaster do Final Fantasy XII? Vejamos: em 30 de setembro sairá o Final Fantasy XV, depois de 10 anos de espera, e será um jogo totalmente novo, com visual de ponta, muitas horas de diversão. O remaster pode estar sendo feito por uma equipe enxuta de desenvolvedores, com custo baixo, para a Square ter mais grana pra poder fazere novos jogos ou quem sabe um Final Fantasy XVI em uns 3 ou 4 anos.

Por mim eu bem que gostaria de ver mais jogos remaster no PS4, ou a Sony seguir o caminho da Microsoft e oferecer retrocompatibilidade total com os jogos de PS3. Devo ter uns 70 jogos de PS3 espalhados em mídias físicas e nas contas da PSN de promoções que eu aproveitava, e a Sony tenta investir no PS-Now sendo que nem todo mundo tem internet decente em casa pra “jogar streaming de jogos da geração passada”. O sistema de retrocompatibilidade do Xbox One é uma das melhores armas que a Microsoft consegue oferecer na preferência dos jogadores, e tem quase 200 jogos retrocompatíveis no console. Aos poucos mais jogos chegam nesse sistema e com isso o console terá mais opções de jogos.

E outra: diversos remasters estão ganhando também versões em mais plataformas ou mesmo no PC. Reclamar do remaster de Final Fantasy é fácil, mas certamente o jogador pode acabar comprando um deles no Steam, pra ver como o jogo é. Antigamente isso nem era possível, e agora com os jogos saindo em diversas plataformas, mais jogadores terão acesso a jogos antigos que fizeram sucesso. Que venham mais remasters!!!

God of War III Remastered - PS4 Screenshot Full HD