Essa o governo se superou foi dose. E ainda bem que votei tudo nulo nas últimas eleições, já que se voto não fosse obrigatório eu não daria meu voto de confiança nesse bando de idiotas. Um juíz decidiu banir dois dos games mais conhecidos do país por incitar a violência: Counter-Strike e Everquest.

Tsc Tsc, que ridículo: achar que games podem fazer com que a gente entre para o mundo do crime. E ainda o Counter-Strike. Sr juíz, esqueceu que na internet dá pra procurar informações sobre montar bombas? Esquece que a Al-Qaeda usa a internet para as suas atividades? E quer banir um game que não incita a violência como o Everquest? Onde o sr se embasou para fazer isso? Você jogou os games? Acho que não.

Por fim, estou fazendo um game de espionagem. Onde terá um vilão brasileiro que será um terrorista, e estou montando ele de tal forma que será realmente perigoso! Onde terá corrupção de alguns governantes. Intrigas, e o escambau. E se você proibir (afinal, é um tema adulto. Gosto de espionagem mas não gosto do terrorismo, e quero mais é que o Bin Laden e esse povo SE FODA), posso muito bem hospedar o meu site na Suécia, onde está o PirateBay, e continuar com os meus projetos. Esqueceu que a proibição só gera marketing pro jogo e vontade dos jogadores querem jogar mais? Esqueceu que tem games mais violentos?



Se eu fosse juíz e gamer, eu faria de tudo para provar que Counter-Strike não faz mal (e não faz mesmo!, já que quem faz atrocidades em nome dos games tem problemas mentais!) e derrubaria essa proibição. Gamers do Brasil, vamos usar a internet como arma para mostrar a esse juíz mal-informado como que são os games aqui no país. Usem blogs, sites, fóruns e o escambau.

Temos a possível volta da censura. Mas em todo o governo lugar que censura tem sempre aqueles que resistem. Eu estarei contra a censura do governo deles em nossas vidas. Sempre. Segue outras opiniões sobre o tema:

Todo mundo contra a proibição! Claro! Por fim, a EA já divulgou uma nota relacionada, e vamos ver o que vai acontecer.