redguard skyrim

O site britânico da Revista Oficial do Xbox (Official Xbox Magazine) relembrou esta semana que a Zenimax, a dona da Bethesda (que desenvolveu o Skyrim) registrou em 2011 a marca Redguard, descrevendo como um “game para consoles e PC, game baixável via download oferecido pela internet e dispositivos móveis”. A marca chegou a ter algumas atualizações e vence em fevereiro de 2013, com a empresa podendo renovar novamente a marca para uso posterior. A Bethesda chegou a usar o nome no spin-off The Elder Scrolls Adventures: Redguard, game em terceira pessoa para PC e com visão similar aos games da série Tomb Raider, e por ter um novo registro de marca, a aposta mais provável é que seja mais um DLC de Skyrim. Os Redguards são uma das raças que o jogador pode escolher no início de cada game da série, e eles são da província de Hammerfell, uma região ao sul de Skyrim e a oeste de Cirodyll, o local de Elder Scrolls IV: Oblivion.

tamriel map



Outra informação interessante é que a cidade de Dragonstar, que fica ao norte de Hammerfell e colada na fronteira de Skyrim é dividida em 2 partes, uma a oeste e uma a leste, com cada lado governada por um governo próprio. Não quer dizer que essa informação poderia sugerir alguma pista, mas nunca se sabe, e talvez um dos lados possa ser acessada de Skyrim.

Dragonstar - Hammerfell

Agora, por estarmos no provável ano do anúncio de novos consoles, talvez a Bethesda poderia anunciar um novo game, focada na província de Hammerfell, ou, quem sabe, englobando outras localidades. Mas acredito que um novo game seja anunciado só em 2014 ou 2015, pelo tamanho dos games e por ter tido um delay de 5 anos entre o Oblivion e o Skyrim. Ou eles podem surpreender este ano, mas não ando botando muita fé no momento. De qualquer jeito já abre um novo front de especulações acerca de outros pacotes de Skyrim, pois a Bethesda tem um ótimo game em mãos e vai querer lucrar mais com ele e criando pacotes ocasionais. E diferente dos DLCs caça-níquel que vem em disco, pelo menos no Skyrim eles estão mesmo desenvolvendo novos conteúdos e aumentando o tempo de vida útil, deixando o fã feliz e tendo mais e mais coisas pra fazer neste game praticamente infinito. Só espero que o PS3 também entre na jogada, pois o Dragonborn ainda está na geladeira do console da Sony, e ainda não se sabe quando que o DLC será lançado para o console e para PC.

[Imagem de topo via Gamerant]