Xbox 720

Parece que a Microsoft pode seguir o mesmo caminho da Sony quanto às travas de jogos usados. Segundo o UOL Jogos e a uma matéria do site da Revista Edge, fontes “com experiência em primeira mão com o console de próxima geração da Microsoft” comentaram que o sucessor do Xbox pode exigir conexão permanente com a internet, tendo um Kinect aprimorado (“com respostas melhores e câmera aprimorada”) e uma nova versão da Xbox Live integrada ao novo console. As versões físicas dos games seriam vendidos em discos Blu-Ray com 50 GB, tendo inclusive códigos de seriais que ficariam inúteis depois de passar pelo primeiro usuário. Ou seja: um online pass do game inteiro.

Eles também reiteraram as prováveis configurações técnicas que foram divulgados anteriormente, “com processador de 8 núcleos AMD, operando a 1,6 GHz; suporte ao DirectX 11.1 e 8 GB de memória RAM DDR3”. As arquiteturas tanto do sucessor do Playstation quanto no novo Xbox seriam similares ao dos computadores, e o novo Playstation teria um “sistema operacional menos opressivo”. O novo Xbox permitiria apenas o uso de bibliotecas previamente licenciadas pela Microsoft e a Sony incentivaria os desenvolvedores a “escavarem” o poder do novo console, e acredito que poderia resultar em games com gráficos melhores que a versão do novo Xbox.



Novamente vem a tona o bloqueio dos jogos usados, a guerra constante da indústria, o que pode ser o início do surgimento da venda dos “game pass”, e dependendo do preço isso vai desencorajar totalmente a compra de jogos usados. Ou, se isso não for implantado, vai ser praticamente o fim deste mercado, e o jogador vai acabar se adaptando ou migrando para o PC, que tem games mais baratos e uma menor carga tributária (pelo menos aqui no Brasil, pois no exterior não tem tanta diferença). Outro movimento curioso é a escolha do jogador em comprar as versões do console da geração anterior, optando por games do Playstation 3/Xbox 360 no lugar das versões para o PS4/Xbox 720, principalmente em games com tempo de vida útil menor.

Já a conexão constante com a internet será um tiro no pé, pois nem todos os jogadores tem conexões potentes e estáveis. Tem jogadores que não tem internet em casa, e um amigo próximo muitas vezes trazia o console aqui na minha casa para que eu pudesse atualizar o firmware e baixar os updates dos games que ele jogava, e ter essa obrigatoriedade vai desencorajar os jogadores a adquirirem o aparelho.

Novamente o jeito será esperar os anúncios oficiais para saber se os rumores se provarão verdades ou não, mas o futuro aparenta ser bem mais sombrio para os jogadores. No próximo dia 20 de fevereiro a Sony pode anunciar o novo Playstation, e o novo Xbox pode ser anunciado nesta E3, entre os dias 11 a 13 de junho.

[Imagem de topo (meramente ilustrativa) via Ze Geek Corner]







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game





Paganini Mixer