Paganini Mixer

Poucas coisas são mais humilhantes no universo do eSports que a morte por faca em uma partida de CS:GO, game presente na lista de 100 melhores jogos de todos os tempos. Em geral, ela acontece em momentos de maior desespero, quando a munição já chegou ao fim e o jogador não possui mais opções, também podendo ocorrer em vista do descuido do outro competidor.

Seja qual for a razão, uma coisa é certa: seriam poucos os que apostariam no êxito do player que possui apenas uma faca à sua disposição. Isso porque, ao apostar em suas equipes favoritas em algum dos melhores sites para apostar em cs go, os espectadores e fãs dos esportes eletrônicos querem garantias de sua vitória tanto quanto os jogadores que estão disputando a partida, e a morte por faca não parece ser uma opção muito segura.

Mas ela acontece e acontece até mesmo em campeonatos profissionais. Como prova disso, separamos abaixo alguns casos de mortes com faca que envolveram jogadores profissionais dos esportes eletrônicos.



Sk Gaming vs FaZe Clan – ESL Pro League Season 6 (2017)

O primeiro exemplo em que um jogador que conseguiu abater outro utilizando uma faca ocorreu na final do ESL Pro League Season 6, disputada em dezembro de 2017. A partida foi entre os brasileiros da SK Gaming contra a FaZe Clan na Dinamarca. A jogada em questão foi realizada no quarto jogo da série melhor de cinco (MD5). Da SK, que liderava a partir por 15-12, restavam Fernando “fer” Alvarenga e Gabriel “FalleN” Toledo, enquanto a Faze Clan contava apenas com Ladislav “guardiaN” Kovács. Os brasileiros, então, resolveram desarmar a bomba sob uma smoke. Nesse momento, guardiaN matou fer com uma pistola e finalizou Fallen com a faca. Ainda assim, a SK consegiu vencer a competição por 19-16, faturando o prêmio de US$ 225 mil.

CSGO - Operação Shattered Web
A Operação Shattered Web, lançada recentemente em CS:GO

MIBR vs North – Esports Championship Series (2018)

Outro caso ocorreu durante a sétima edição do Esports Championship Series (ECS), disputado no Estados Unidos no fim de 2018. Já na semifinal, os brasileiros da MIBR disputavam contra os dinamarqueses da North. Foi quando, na decisão da série, que ocorreu no terceiro mapa, Marcelo “coldzera” David aniquilou Casper “cadiaN” Møller na faca. A jogada, inclusive, vingou o coldzera, que havia sido eliminado de maneira semelhante no mapa anterior, algo impensável para um dos melhores jogadores de CS:GO do mundo. Com isso, a MIBR venceu o jogo e se classificou para a final, terminando a competição em segundo lugar após ser derrotado pela Astralis na última etapa do campeonato.

Immortals vs BIG – PGL Major Kraków (2017)

Mais um exemplo de morte na faca ocorreu nas quartas de final da PGL Major Kraków 2017, que aconteceu na Cracóvia, na Polônia. A partida era disputada pelos brasileiros da Immortals e a BIG que, após empatarem em 15-15 no primeiro mapa da série, foram para o overtime. Aqui, a competição tornou-se ainda mais acirrada, indo até o sexto round. Nesse momento, haviam apenas dois jogadores restantes: Lucas “LUCAS1” Teles, da Immortals, e Kevin “keev” Bartholomäus. A famigerada morte por faca ocorreu quando o brasileiro tentava desarmar a C4, momento em que foi exterminado pelo keev, que garantiu o round. Apesar da jogada, a Immortals conseguiu levar a partida por 2-1, em seguida, continuou trilhando seu caminho até à final, terminando a competição em segundo lugar.

Luminosity Gaming vs NRG eSports – Esports Championship Series North America (2016)

O último caso aqui listado aconteceu ainda em 2016, na primeira edição do Esports Championship Series North America. O episódio ocorreu ainda na fase de grupos quando, em uma partida disputada entre a Luminosity Gaming e a NRG eSports, conseguiu não apenas eliminar quatro dos seus adversários da NRG, como também teve êxito ao utilizar a faca em um dos seus abates. No fim, a equipe saiu campeã do torneio, levando para casa o prêmio de US$ 90 mil, valor até modesto se levarmos em consideração as premiações mais recentes, o que demonstra o crescimento dos eSports mundialmente.