Ontem falamos à respeito da segurança trazida de volta pelo novo Firmware 3.60 (do ponto de vista do Hacker Kakarotoks).

Hoje, passado o lançamento do novo firmware, já vemos surgir na internet ferramentas que ainda permitem que os consoles hackeados se conectem à PSN. Surge a pergunta: Quem leva os golpes dados pelas tentativas de contra-ataque da Sony?



Hoje um post do KotakuBR levantou a bola de que aparentemente os atingidos são os usuários idôneos, que nada tem a ver com isso. No posto citado é possível perceber que uma tarefa simples e permitida pela Sony, como a mudança do HDD do console já é algo que nesses tempos de pirataria no PS3 é deve preocupar os usuários ou mesmo fazê-los desistir da idéia…

Isso se torna péssimo para a Sony, mas principalmente para os usuários, pois como disse o Rodrigo Flausino num comentário do outro post:

“(…) isso prejudica, pois só vi a Sony capar o PS3 por conta desse problema que ela enfrenta hoje, tendo de alocar recursos para tapar os buracos e não melhorar o firmware com coisas mais úteis.”

Por causa da pirataria foi se embora a possibilidade de instalar Linux. Se para a maioria das pessoas isso não chega a atrapalhar, para alguns isso é fundamental. Mas o importante mesmo na questão não é se o recurso é realmente utilizado, é o motivo da retirada: através do Linux instalado no console os hackers acessaram as portas seriais do PS3. Não houve um uso efetivo disso, mas “pelo sim pelo não” a Sony resolveu remover.

Os usuários citados no post do KotakuBR informam que tiveram problemas ao tentar substituir o HD original por outro (provavelmente um com maior capacidade) e tiveram a surpresa dos códigos de erro 8002F225, 8002F2B5 ou 8002F2C5. Outros relatos no mesmo post dão conta de que o problema afeta tanto os PS3 Slim quanto Fat.

E você, caro leitor, foi vítima ou conhece alguém que foi nessa guerra contra a pirataria?







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game