OK, são imagens escaneadas de uma revista da Finlândia (a Pelaaja), mas servem para ver como será o jogo, e vi que o nível gráfico e na interação com o cenário será muito maior do que nos outros jogos. Segue (clique nas imagens para aumentar):



O que mais me chamou a atenção foi o lance da cadeira. Na vida real, e gente, se quiser, pode até usar uma caneta como arma (Jason Bourne), e usar uma cadeira é novidade para mim (não sei se isso acontece em Double Agent, já que eu não joguei o jogo direito. Mas acho que não acontece). Outra coisa interessante foi o lance do Sam andar junto com muita gente. Será que teremos fases com um número maior de transeuntes? Até que a imagem dá muitas idéias interessantes para ser usadas em gamedev, apesar de que, botar algo assim em prática é muito difícil para nós, que tentamos estudar desenvolvimento de jogos.

Eu mesmo já imaginei uma fase do CSIB onde o personagem enfrenta muitos inimigos, no melhor estilo Matrix (na luta do Neo com os Agentes Smith no Reloaded), mas tentando ser realista. Seria difícil de fazer? Claro, já que, só botar muitos personagens na tela, com Inteligência Artificial e o cenário tendo influência nas ações dos personagens, poderia usar muito processamento do PC/console.

E este Splinter Cell pode mudar muita coisa no conceito de interação entre os personagens. É claro que são suposições, já que a Ubisoft ainda não divulgou muitas informações de como que o jogo vai funcionar na parte de jogabilidade. Já a parte gráfica está violenta.

Se quiser ver outras imagens, visite a galeria do jogo no Finalboss.

Este ano promete!

[Via Finalboss e Fórum do UOL Jogos]







Apoie o Select Game pela tag da Epic Store


Se você curte o Fortnite, gostou deste artigo e/ou usa a Epic Store, apoie a gente, para continuarmos com o nosso trabalho! Use a tag RODRIGOFGLIMA dentro do Fortnite ou na loja da Epic Store.

Apoie um criador Select Game