Não demorou muito tempo pros jogadores conseguirem a primeira “World first” de masmorras míticas +15 dentro do tempo na nova expansão de World of Warcraft! Hoje foi divulgado pelo WoWHead o feito, onde 5 jogadores da guilda Kjell’s Angels fecharam a masmorra Atal’dazar, localizada em Zuldazar. O grupo foi composto por Divinefield (Paladino Proteção), Chiranor (Monge Tecelão da Névoa), Ashiné (Ladino Subtefúrgio), Heksekjell (Bruxo Suplício) e Herudra (Guerreiro Armas).

O que mais impressiona é que eles não estavam com equipamentos potentes por conta de ter estado com o cap de 355 de equipamentos de míticas+ nesta semana, já que ainda não tinha liberado a raide mítica em Uldir. Com isso, mesmo se os jogadores ficassem tentando acima de 10 nas masmorras, o equipamento sempre viria 355 de base (salvo raras exceções quando vinha algum equipamento com Forja Titânica).

Confira abaixo o VOD completo da masmorra:

A guilda foi a vencedora da Mythic Dungeon Invitational 2018, que aconteceu em junho, com eles vencendo a Method por 3 a 2.

Lembrando que com a abertura de Uldir mítico nesta terça, será mais fácil conseguir equipamentos de ponta em masmorras míticas+ avançadas, além das novas idas em raides normais e heróicas atrás de outros equipamentos. Só que, como agora o loot está como “saque pessoal”, isso reduz um pouco as chances de maximização dos equipamentos dos jogadores nas famosas “split-runs”, onde os jogadores das guildas mais hardcores do mundo faziam diversas raides para equipar os personagens principais, com os alts passando os equipamentos pros main. Mas isso ainda ocorre dependendo da try e da guilda. Em um vídeo recente da Method do Talroc, eles estão com quase todo o grupo com classes usando couro, salvo raras exceções.

Outro detalhe que merece ser comentado é que a mesma Method pretende transmitir a corrida do lado deles, sendo a primeira vez que eles vão “sair das sombras” na primeira semana. Normalmente, por ser uma corrida de “world first”, as guildas mais hardcores do mundo apenas noticiavam que tinham “matado um chefe específico”, para evitar que as informações de mecânicas fossem divulgadas, o que facilitaria para os concorrentes. A Method quer mudar isso, e vale notar que eles estão recebendo apoio de diversas marcas, e certamente muita gente vai querer acompanhar eles jogando na dificuldade máxima de raides de World of Warcraft: Battle for Azeroth.

World of Warcraft Battle for Azeroth - Atal'Dazar - Tela de Carregamento



POSTS RELACIONADOS